Alderico Sena

O que está acontecendo com o comportamento e a atitude do Ser Humano neste Século? Seres humanos vêm se conduzindo com atitudes de seres irracionais.

Uma das lições que aprendi no campo profissional é que quando não há disciplina, ética, liderança em qualquer negócio, seja público ou privado a tendência é o descontrole e a péssima qualidade do produto/serviço. É o que está ocorrendo com o individuo, devido à impotência dos Poderes Constituídos e a impunidade no País.

Entendemos por racionalidade o processo pelo qual agimos com objetivos reais e consideravelmente corretos pela sociedade, agir racionalmente seria apresentar uma perspectiva geral das conseqüências que as ações de um indivíduo podem levar. Essa definição explica de uma forma geral a principal diferença entre o ser humano e os animais irracionais.

Ultimamente poderíamos até colocar essa definição em questão, porém de nada anularia sua definição real. Como considerarmos uma sociedade racional se na maioria das vezes ela tem feito o mal a si mesmo? A violência generalizada, chegou tolerância zero, contra seres humanos, desmatamento da natureza e a poluição dos rios, o aquecimento global, o preconceito racial, a falta de respeito com o seu próprio organismo e com o meio em que vive.

Embora tenhamos tantas pendências com o conceito de racionalidade na sociedade moderna, nos diferenciamos dos demais e nos destacamos desde os primeiros momentos de vida, por mais que existam animais irracionais inteligentes, eles agem apenas por instinto e não medem conseqüências, agem por sensações e necessidades fisiológicas. Por exemplo, um animal por curiosidade ao ver algo em movimento tenta agir sobre tal feito, já o homem pode analisar a situação e indagar o porquê de tal acontecimento, entendendo as conseqüências sem se quer arriscar.

Durante toda nossa vida passamos por diversos grupos, o familiar que nos dar carinho, afeto, que nos estrutura para uma sociedade crítica e democrática. Depois nos inserimos no grupo escolar onde os conceitos de cidadania e morais são firmados. Encontramos ainda de forma voluntária os grupos de amigos, de estudos, de passeios, pessoas que compartilham as mesmas idéias, gostos e habilidades. Consideramos assim a nossa capacidade de interatividade e de internalizarão da sociedade em nós como mais um fator fundamental, capaz de demonstrar o contraste existente entre nós e os demais seres vivos que nos rodeiam.

Por que seres humanos racionais desenvolvem atitudes irracionais? Todos nós sabemos que os seres humanos são criaturas altamente racionais, certo? Ou não? Você já teve sensação de que alguns dos medos que você tem estão simplesmente fora do seu controle? Sente que algumas coisas na sua vida não podem ser combatidas, porque são coisas da sua personalidade?

Se você acredita que seu medo te deixa fora de controle e que nada pode ser feito pra evitar reações automáticas quando você está com medo, deixe-me dizer uma coisa: a verdade é esta mesmo. O medo nos tira completamente de foco, e nos faz agirmos como bichos completamente irracionais. Nossos medos nos põem em um piloto automático. Algumas vezes, nossos medos causam reações imprevisíveis, outras não.

Neste Século parece que determinados indivíduos ainda estão na Idade Média, quando agem como verdadeiros animais irracionais, violentando crianças, jovens, mulheres e idosos. Será que é a desestruração familiar e a péssima qualidade do ensino ou é pela fragilidade e a impotência dos Poderes Constituídos no País?

Crimes que abalaram o Brasil e que continuam sendo praticados, cada vez mais sem qualquer piedade e sim com mais crueldade tais como: “Em 1992, a atriz Daniella Perez foi assassinada; em 1996, o ex-deputado federal Hildebrando Pascoal, tortura o baiano com motosserra e os restos mortais jogados em uma Avenida em Rio Branco (AC); Artesão queima 2 crianças por causa de dívida, em Cinelândia, cidade-satélite do Distrito Federal (BSB), mulher linchada até a morte, em Guarujá (S.P), Professora assassinada ao lado de filho de 4 (quatro) anos, no Bairro de Luiz Anselmo” e tantos outros crimes que a sociedade com medo faz de conta que nada sabe do que está acontecendo ao seu redor e cai no esquecimento. A sociedade é cruel contra ela mesma.

A palavra autoridade no Brasil, não existe, mas já existiu. No Brasil o homem sábio, honesto e competente, perdeu espaço no mercado de trabalho e no campo social por não compactuar com toda e qualquer prática de violência contra a sociedade e o Sistema. Este talvez tenha sido o erro mais grave do cidadão, inclusive no meio político.

O ilustre Ruy Barbosa com muito talento e sabedoria escreveu: "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto."

 

Alderico Sena – Bacharel em Teologia, Sociedade e Política e Especialista em Gestão de Pessoas



Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player



banner adv