Resultado de imagem para alderico sena

É de fundamental importância resgatar o poder dos Movimentos Sociais, inclusive dos diretórios e grêmios para o fortalecimento da democracia. Cabe aos movimentos sociais combater os desmandos praticados contra a sociedade e o País, considerando que toda e qualquer decisão é política e as conseqüências recaem para todos os cidadãos e futuras gerações. Exemplo claro é a omissão das entidades representativa na discussão, combate e defesa dos direitos dos trabalhadores e dos futuros aposentados na Reforma da Previdência Social que tramita no Congresso Nacional.

Os Movimentos sociais devem marcar presença nos Poderes Constituídos com autonomia e independência, visando defender e apresentar propostas, concernentes as questões econômicas, sociais, culturais e políticas de interesse do segmento da sociedade que representa.

Como já dizia o filósofo Karl Marx “Mudanças na sociedade ocorrem a partir da ebulição dos movimentos sociais: contra o capital e o Estado.” Os Movimentos Sociais são de extrema importância, porque cobram mudanças, reivindicam transformações, mostram quando a povo não está satisfeito com as medidas adotadas por governantes, dirigentes e gestores, além de cobrar medidas, quando necessário, porém os Movimentos Sociais perderam força com o passar do tempo. Os movimentos sociais dos anos 60/80, diferem das ações dos movimentos sociais na atualidade, eram presentes, atuantes e combativos.  A concentração de poder, o individualismo, o egoísmo, a concorrência desleal, a inveja, a ambição e a divisão interna, impediram que pessoas se unissem para cooperar e ajudar no fortalecimento das entidades. Movimentos Sociais forte, independente e respeitado, é preciso para preservar um Estado de direito e fundamentos estabelecidos no Artigo 1º da Constituição da Republica Federativa do Brasil que são: “a soberania; a cidadania; a dignidade da pessoa humana; os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa; o pluralismo político”, dentre outros.

Os Movimentos Sociais após os anos 90 perderam a sua essência, força e rumo. A sociedade precisa cooperar para resgatar o poder e a força das entidades representativas junto ao governo, tais como: OAB, CNBB, ABI, UNE – União Nacional de Estudantes, dentre outros segmentos para que sociedade não fique desamparada politicamente como se encontra. A partir da década de 90, muitos cidadãos honestos deixaram de participar das questões nacionais e do processo político pelas estratégias da elite capitalista, esse afastamento foi um erro e um prejuízo incalculável para a sociedade e País. Até os anos 80, nasciam nos grêmios e diretórios nos estabelecimentos de ensino, bons políticos, mas essa riqueza foi quebrada com o Regime Militar de 64. Essa é uma das razões do péssimo nível de representação política e de governantes, por termos uma juventude temerosa, despolitizada e desinteressada pelas questões nacionais.

Resgatar o poder dos movimentos sociais, ferramenta que darão o tom político na próxima eleição nos 5.570 municípios brasileiro no ano de 2020. O ambiente democrático que vivemos é propício à elevação da consciência política do povo e a sua mobilização social num patamar mais avançado de luta de cidadania, visando o aprofundamento da democracia e acelerar o crescimento econômico no País dentro de um novo cenário de desenvolvimento é a principal tarefa dos movimentos sociais na atualidade. Neste ambiente de lutas que a democracia será fortalecida, ampliando os direitos sociais e a soberania nacional. É neste ambiente também que estaremos atuando e contribuindo na construção de um Brasil melhor para todos.  “A tragédia das democracias é que ainda não conseguiram realizar a democracia. Mas, apesar das suas imperfeições e de seus limites, a democracia é o único caminho por onde passam as energias progressivas da história humana”. Como advertiu Maritain.

Alderico Sena – Bacharel em Teologia Sociedade e Política, Especialista em Gestão de Pessoas, Coordenador de Pessoal da Assembléia Estadual Constituinte e Ex- Presidente do MAPI Bahia e Vice-Presidente Nacional do Movimento dos Aposentados, Pensionistas e Idosos do Partido Democrático Trabalhista/PDT- www.aldericosena.com



Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player



banner adv