Foto: Valdemiro Lopes/Divulgação 

O vereador Edvaldo Brito (PSD) reclamou hoje da constante queda de quórum e encerramento da sessão na Câmara Municipal, quando as bancadas independente e de oposição estão inscritas para ocuparem a tribuna. Seguindo ele, a ampla maioria que apoia o prefeito utiliza-se dessa vantagem e se ausenta do plenário, derrubando a sessão, impedindo que o debate seja feito sobre as principais questões da capital baiana. Foi o que aconteceu hoje, mesmo com muitos cidadãos nas galerias exigindo a continuação das discussões. Brito diz que o Regimento da Casa é claro, determinando que a verificação de quórum só pode ser pedida quando for ocorrer alguma votação. “É preciso pacificar a interpretação dessa questão agora, no Regimento, pois a sessão deve continuar, mesmo que só haja apenas um vereador em plenário. Como está, com interpretação dúbia do Regimento, o prefeito utiliza a sua ampla maioria e encerra a sessão, impedindo os debates que trarão soluções para as questões cruciais da nossa cidade”, concluiu Brito.



Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player



banner adv