Foto: Paulo Mocofaya/Ascom ALBA

Deputado Junior Muniz

Deputado Junior Muniz quer garantir, no estado da Bahia, mais fiscalização e controle nas barragens, bem como acompanhar a exploração da Bacia do São Francisco e dos Parques Eólicos 

Iniciando seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, o deputado Junior Muniz (PP), com o deputado Tum (PSC), requereram criação de Comissão Temporária de Representação com o objetivo de acompanhar e fiscalizar o uso dos recursos naturais renováveis e não renováveis na Bahia, especialmente os relativos às barragens, às barragens de rejeitos de minérios, o uso da Bacia do Rio São Francisco e dos parques de energia eólicas, cuja exploração e utilização é realizada de forma direta e indireta pelo Governo da Bahia e pelas Empresas Privadas, com recursos públicos e privados. Para Junior Muniz a fiscalização de forma contundente é necessária para evitar acidentes como os ocorridos nas duas Barragens de Rejeitos de Minérios pertencentes a Companhia Vale do Rio Doce, em Minas Gerais. “Esta Comissão viria como mais uma importante ferramenta voltada a cuidar dos nossos recursos naturais, através de fiscalização e controle, atentando para a prevenção a possíveis tragédias em nosso Estado, até porque a Vale tem grande atuação aqui”, salientou o parlamentar.

A criação da Comissão também objetiva acompanhar, no Estado Bahia, a Bacia do São Francisco que sofre degradações como a retirada de matas ciliares, assoreamento e descontrolado uso das águas subterrâneas, além da exploração da energia eólica, que já se classifica como o segundo parque eólico nacional, que mesmo sendo uma exploração de fonte limpa pode trazer impactos negativos, a exemplo do desmatamento, grilagem, destruição de habitat de diversas espécies de animais nativos.



Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player



banner adv