Foto: Antonio Queirós/Divulgação 

A contribuição do jornalista e radialista José Oswaldo Alves para a comunicação baiana foi reconhecida pela Câmara de Salvador, na noite desta quarta-feira (22), com a Medalha Thomé de Souza, maior honraria da Casa. A homenagem foi requerida pelo presidente do Poder Legislativo municipal, vereador Geraldo Júnior (SD). 
O homenageado de 83 anos foi conduzido ao Plenário Cosme de Farias por familiares e vereadores, ao som de “Amigos para Sempre”. A solenidade contou com a presença de representantes do Poder Público e profissionais da comunicação.  

Conforme destacou Geraldo Júnior, Zé Oswaldo, como o jornalista é mais conhecido, é um exemplo. “É uma referência como ser humano e pai de família, amigo dos amigos e excelente profissional. Zé Oswaldo tem relevantes serviços prestados para a Bahia, na sua vida pessoal, profissional, como comunicador, como radialista, pelo amor que ele tem pela radiodifusão. Esse reconhecimento da Câmara é uma unanimidade que prevalece de acordo com sua história”, frisou o idealizador da sessão, que estendeu a homenagem à família do homenageado.

Família

A Medalha Thomé de Souza foi conferida a José Oswaldo Alves das mãos da esposa, Teresinha Figueiredo Alves; da filha Cristiana Figueiredo; e dos filhos, o apresentador de TV e radialista José Eduardo, o “Bocão”, e Luís Gustavo Alves, diretor do site BNews.  
“Estou muito feliz com esta homenagem da Câmara e agradeço ao presidente Geraldo Júnior, um político e homem de bem”, declarou o homenageado. “É uma emoção muito grande saber que ele está recebendo esta honraria tão importante, pelo que ele construiu na vida, pelo que ele fez pela família e pelo que nos ensinou, a ter caráter e ajudar o próximo”, disse Zé Eduardo, antes de completar: “É o homem que me fez homem”. 
O evento contou com apresentação da Banda de Música da Guarda Civil Municipal, sob a regência do maestro Hamilton Fernando.

Trajetória

Zé Oswaldo nasceu em Salvador e cresceu no bairro da Mouraria. Formou-se em jornalismo no Instituto Técnico Profissional, no Rio de Janeiro. O comunicador é proprietário do site de esporte olímpico Zé Oswaldo. 
Em sua trajetória, trabalhou como repórter no Diário de Notícias e no departamento de publicidade da Tribuna da Bahia. Na condição de radialista, atuou na Bandeirantes, Cultura, Bahia e Sociedade. Na carreira pública foi aprovado no concurso público do Departamento de Habitação e Urbanização do Estado da Bahia (Urbis), onde atuou por 34 anos.

Durante a cerimônia, um vídeo reuniu declarações de amigos e familiares, que salientaram o trabalho de Zé Oswaldo em prol do desenvolvimento do esporte.  
Enquanto Geraldo Júnior discursava, a mesa foi dirigida pelo vereador José Trindade (sem partido). Também participaram os vereadores Henrique Carballal e Paulo Magalhães Júnior, ambos do PV; Carlos Muniz e Toinho Carolino, do Podemos; Joceval Rodrigues (Cidadania), Alexandre Aleluia e Duda Sanches, do DEM; Odiosvaldo Vigas (PDT), Pedro Godinho (MDB), Marcelle Moraes (sem partido), Moisés Rocha e Suíca, do PT; além do secretário de Relações Institucionais da Câmara, Heber Santana. O secretário municipal de Turismo, Claudio Tinoco, e o ex-vereador Super Geraldo também marcaram presença. 

A composição da mesa contou ainda as presenças do secretário estadual de Comunicação, André Curvello; o coronel Anselmo Brandão, comandante-geral da Polícia Militar da Bahia; Adileiva Lopes Miranda, assessora do secretário estadual de Turismo Fausto Franco; e o deputado estadual e ex-presidente da Casa, Paulo Câmara. 



banner adv

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player