Divulgação 

Visando qualificar e humanizar a assistência aos pacientes atendidos no Hospital Municipal de Salvador (HMS), o secretário municipal da saúde, Leo Prates, lançou, na manhã desta sexta-feira (12), dois importantes projetos que vão trazer ainda mais celeridade nos serviços prestados pela unidade hospitalar.

Um deles é o “App meu HMS”, um aplicativo disponibilizado gratuitamente para Android e iOS, no qual o paciente poderá pesquisar as especialidades disponíveis no hospital, acessar informações pessoais de atendimento, consultar resultados de exames realizados, entre outras funcionalidades, sem precisar se deslocar, ganhando assim, mais comodidade. “Eu vejo o incremento da tecnologia como uma ferramenta fundamental para otimizar a prestação de serviço dentro de uma unidade de saúde. Esse aplicativo vai dinamizar a nossa assistência e facilitar o acesso do paciente à informação, uma vez que o mesmo não vai precisar sair de casa para ter acesso a algumas informações como resultados de exames, consultas, além de criar um canal de comunicação pessoal, dentre outras especialidades”, explicou o gestor. 

O segundo projeto implantado é o “Amigos do Autista”, criado para capacitar o quadro de funcionários do HMS garantindo a qualidade dos atendimentos de pacientes com Transtorno do Espectro Autista (TEA). “Esse é um projeto que eu, particularmente, tenho muita afinidade. Sou um militante da causa das pessoas com deficiência desde os tempos de vereança, sempre levantei esta bandeira e poder participar de um projeto como este me deixa extremamente feliz e emocionado.  Todo mundo sabe que a pessoa com espectro autismo necessita de uma série de cuidados especiais. Esse é um protocolo inovador, fruto de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde, a Unidade de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência (UPCD), a Associação de Amigos do Autista da Bahia (AMA-BA) e o Projeto Michelle Matos e que mostra o quanto o município está preocupado em elevar o seu padrão de atendimento. Com certeza vamos estudar esse modelo para ser replicado dentre as demais unidades de saúde”, finalizou.


Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player



banner adv