Foto: Valdemiro Lopes/Divulgação 

Reconhecimento dado a pessoas atuantes no combate ao racismo, discriminação e intolerância em Salvador e no estado da Bahia, a Medalha Zumbi dos Palmares foi a 50ª honraria recebida pelo ministro do Superior Tribunal Militar, o almirante de esquadra Álvaro Luiz Pinto. Apesar de tantas vezes homenageado, o ex-comandante do 2º Distrito Naval se emocionou ao receber a medalha das mãos do presidente da Câmara Municipal de Salvador, vereador Geraldo Júnior (SD), do vereador Pedro Godinho (MDB) e do advogado da União Bruno Godinho.
A sessão solene, realizada na noite desta terça-feira (13), no Plenário Cosme de Farias, foi bastante concorrida e contou com a presença de representantes dos poderes Executivo Estadual, e Municipal e das Forças Armadas. Presidindo a sessão solene, Geraldo Júnior destacou a trajetória do homenageado. “O seu currículo e a história fizeram com que esse requerimento fosse aprovado por unanimidade. Destacamos a honra que é para essa Casa dar esse reconhecimento a homens tão importantes como o almirante de esquadra Álvaro Luís Pinto”, disse o presidente.
“Nascido no Rio de Janeiro, o almirante tem alma baiana. Filho de Oxóssi é também, como bom baiano, membro da Venerável Irmandade de Nosso Senhor do Bonfim. Como comandante do 2º Distrito Naval, se esforçou para aproximar a Marinha da população de Salvador, respeitando costumes e tradições da nossa terra”, disse o vereador Pedro Godinho, autor do requerimento. O vereador Teo Senna (PHS) também prestigiou a sessão solene e acompanhou o homenageado até o Plenário. 

Amor pela Bahia

Militar mais antigo em atividade, aos 74 anos, e detentor do mais alto cargo da Marinha, o almirante de esquadra exerceu funções de destaque na instituição já tendo inclusive sido adido naval nos Estados Unidos e Canadá. Em 2010, foi nomeado ministro do Superior Tribunal Militar e eleito presidente em 2011.
“Eu amo essa terra e não podia ser diferente. A emoção que sinto agora só se compara ao amor que sinto pela Bahia”, disse o almirante ao conter o choro ao iniciar seu discurso. “Fazer parte do rol de homenageados da Câmara Municipal de Salvador é motivo de orgulho para mim. Carregar no peito essa medalha é reverenciar parte importante da nossa história, pois ela simboliza a determinação de um dos principais representantes da resistência negra à escravidão na época do Brasil colonial”, afirmou o almirante de esquadra Álvaro Luís Pinto. 
O comandante da 6ª Região Militar, o general Silva Alvim, disse que o currículo e trajetória do almirante são invejáveis. “Como comandante do 2º Distrito Naval, o almirante teve ações sociais muito importantes. Essa medalha é um reconhecimento a esses trabalho desempenhado aqui na Bahia”, pontuou o representante do Exército. 
“Como ministro do STM, o almirante terá que julgar casos que envolvem intolerância religiosa, discriminação e temas relacionados ao racismo. Obter da sociedade soteropolitana esse reconhecimento é mostrar que ele está alinhado com valores importantes. Ele é um militar de quatro estrelas, no topo da carreira e prova ser também um ser humano de grande valor para a sociedade”, afirmou o comandante da Base Aérea de Salvador, o coronel aviador Ivan Lucas Karpischin. 
A mesa da sessão solene foi composta pelos já citados e também pelo desembargador Baltazar Saraiva, representando o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Gesivaldo Brito; o ex-comandante do 2º Distrito Naval, vice-almirante Arnon Barbosa; o juiz substituto do Tribunal Regional Eleitoral, Pedro Rogério Godinho, representando o desembargador Jatahy Júnior; o secretário municipal da Fazenda, Paulo Souto, o vice-almirante Carlos Autran Amaral, diretor de Infraestrutura da Codeba; coronel Anselmo Brandão, comandante geral da Polícia Militar da Bahia e coronel Jorge Sturaro, representando o comandante do Corpo de Bombeiros Francisco Teles e o presidente da Associação Nacional de Advogados Afrodescendentes, Luiz Coutinho. 



banner adv

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player