A polícia está tentando prender o homem que incendiou a garagem da empresa Falcão Real/São Luiz, em Jacobina.

Segundo delegado Eduardo Brito, coordenador da Polícia Civil na região de Jacobina, câmeras de segurança do local flagraram o momento do crime e registraram que o suspeito estava sozinho. As imagens foram enviadas para perícia. O autor do crime usou óleo diesel usado para abastecer os ônibus para provocar as chamas.

Após provocar o incêndio, o suspeito fugiu em direção à BA-132, rodovia que liga Jacobina a Miguel Calmon.

De acordo com representantes da Falcão Real/São Luiz, o número de veículos queimados representa 12% de toda a frota da empresa. Os ônibus não tinham seguro e o prejuízo estimado chega a R$ 18 milhões. Os veículos eram usados em viagens aos municípios de Miguel Calmon, Piritiba, Mundo Novo, Itaberaba, Juazeiro e Senhor do Bonfim. Apesar disso, a empresa garante que o serviço não será comprometido.


Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player



banner adv