Foto: Reginaldo Ipê/Divulgação 

Natural de Barra do Rocha, no sul da Bahia, o líder religioso Walmir Damasceno dos Santos, o Taata Kwa Nkisi Katuvanjesi, recebeu da Câmara Municipal da capital o Título de Cidadão de Salvador. O vereador Marcos Mendes (PSOL) propôs a honraria, uma das mais importantes da Casa, e presidiu a solenidade de outorga que aconteceu na manhã desta segunda-feira (2), no Plenário Cosme de Farias. 
“Sabemos da importância de Walmir Damasceno. A história de luta dele nos movimentos sociais, nos movimentos por moradia e pela religião de matriz africana. Portanto dar um Título de Cidadão de Salvador para uma figura como essa é um grande orgulho e com certeza quem ganha é a cidade”, disse Marcos Mendes que afirmou que o momento também é de combate à intolerância religiosa.  “A intolerância religiosa está se transformando em ódio religioso. Fazer uma homenagem como essa é demostrar resistência e enfretamento a atual situação de um governo neofacista governando o país”, concluiu.   
 “Receber o Título de Cidadão de Salvador é uma coisa imensurável, uma vez que estou aqui representando um povo que foi massacrado, que teve negado até o direito à vida, que são os povos tradicionais de matriz africana. Para mim é uma honra imensa receber o título da capital da minha terra”, comemorou ele que visivelmente emocionado. O líder religioso ofereceu o título às vítimas de racismo, violência e de intolerância religiosa. “É um dia que vai ficar marcado na minha vida”, complementou.  

Biografia

Bastante conhecido pelos trabalhos de luta por igualdade racial e por garantia de direito e respeito dos povos e comunidades, Walmir Damasceno dos Santos é um líder do povo e comunidades de matriz africana. Com formação em Jornalismo, atuou no Jornal da Bahia, Tribuna da Bahia, A Tarde e Correio. Também tem no seu currículo formação em Direito e licenciatura em Letras. Engajado desde cedo nos movimentos de luta por terra, Damasceno atua em diversas localidades, incluindo até São Paulo. A honraria dada ao líder religioso foi a primeira homenagem que ele recebeu da Câmara Municipal de Salvador.   
Compuseram a mesa de trabalho, além dos já citados, o deputado estadual Hilton Coelho (PSOL); o prefeito de Barra do Rocha Luís Sérgio Alves; o diretor cultural da Casa de Angola Benjamin Sabby; a presidente da Sociedade Protetora dos Desvalidos Ligia Margarida, o diretor geral da Abem Tumba, Esmeraldo Emeterio de Santana e a secretária estadual de Igualdade Racial, Fabia Reis.  


Prefeitura de Salvador

banner adv

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player