Depois da passagem da presidente Dilma Rousseff (PT), que ajudou a movimentar o nome do pré-candidato do governador Jaques Wagner à sucessão ao Palácio de Ondina, Rui Costa (PT), chegou a vez da senadora Lídice da Mata (PSB) colher os louros da visita do seu aliado presidenciável. O ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, cumpre agenda em solo baiano nos próximos dias, mas especificamente no sul do estado, de olho em alavancar sua campanha em cidades polos da Bahia. O cacique do PSB, junto com a sua candidata a vice, a ex-senadora Marina Silva, e a alta cúpula socialista no Estado, participam hoje (02) do Seminário de Desenvolvimento do Sul da Bahia, em Ilhéus, aproveitando sua participação, quinta-feira (1/5), no 13º Fórum de Comandatuba, o maior encontro empresarial do país. Campos também deverá retornar à Bahia, possivelmente, no próximo dia 9, como anunciado pela senadora Lídice da Mata (PSB), apesar de a agenda ainda não ter sido definida. “Teremos a possibilidade de ter Eduardo Campos duas vezes. Isso exigirá de nós, PSB e Rede, uma grande mobilização no estado”, declarou Lídice, animada com a visita do político. Os líderes nacionais vêm dando destaque à Bahia. Quem também esteve em Salvador na última terça-feira (29) foi a ex-senadora Marina Silva (PSB). A acreana veio prestigiar a jurista Eliana Calmon, nome do PSB para disputar a vaga ao Senado. A socialista recebeu prêmio do Comitê Permanente da América Latina para Prevenção do Crime, entidade ligada à Organização das Nações Unidas (ONU). Leia mais no Tribuna.


Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player




banner adv