Pela quarta vez este ano na Bahia, o pré-candidato à Presidência da República, Eduardo Campos (PSB), ao lado da senadora e pré-candidata ao governo do estado, Lídice da Mata (PSB), mostrou que a estratégia agora é mirar cidades-polo do estado para alavancar o seu projeto rumo ao Palácio do Planalto, além de fortalecer a pré-campanha do PSB ao Palácio de Ondina. Ontem os postulantes, acompanhados também da pré-candidata ao Senado, Eliana Calmon, mandaram o recado da “mudança” para a população dos municípios de Paulo Afonso e Feira de Santana. Nas duas cidades, eles endureceram os discursos contra as alianças feitas com o objetivo de governabilidade. Lídice destacou que a sua pré-candidatura é uma alternativa no cenário da disputa no estado. “A Bahia não vai se entusiasmar por uma proposta que é a volta ao passado, com os mesmos atores que comandaram a Bahia lá atrás, numa política já ultrapassada. Por outro lado, e pelo que vejo em minhas andanças, a Bahia quer mudança, uma mudança diferenciada”, afirmou, durante entrevista coletiva em Paulo Afonso. Campos também disse que “chegou a hora da mudança” e disparou contra o modelo político atual ao classificar como “ultrapassado”. Segundo ele, dá para “preservar as conquistas”, mas seria preciso “iniciar um novo ciclo de crescimento econômico com sustentabilidade”. “Lídice também atacou as coalizões partidárias. “As alianças que comandam o Brasil contaminaram a política brasileira, fizeram com que não houvesse a mudança como se desejava, embora tenhamos prometido”. Leia mais no Tribuna.


Prefeitura de Salvador

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player




banner adv