“Promover o desenvolvimento sustentável com eficiência é pensar na vanguarda, e isso significa tomar a dianteira para superar os gargalos. Assim tem sido planejado e feito no governo Wagner e assim eu quero construir o próximo governo”. A reflexão vem do pré-candidato a governador pelo PT, deputado federal Rui Costa, a propósito do Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado ontem (5). Para Rui, a gestão ambiental da Bahia tem se firmado com iniciativas político-institucionais de vanguarda, a partir das reformas na estrutura do Sistema Estadual do Meio Ambiente e de Recursos Hídricos, que gerou a base para uma nova distribuição de responsabilidades. O pré-candidato do PT exalta ações como a assinatura do decreto que regulamentou a Política Florestal no Estado, assinado pelo governador Jaques Wagner na última segunda-feira, demonstrando a importância conferida aos aspectos referentes à disciplina do uso alternativo do solo, exploração de florestas plantadas, reposição florestal, reserva legal, entre outros fatores. E destaca que, entre os próximos passos previstos para a Bahia, estão a instituição da Política Estadual e o Programa Estadual de Pagamento por Serviços Ambientais, que consolidam o desenvolvimento sustentável como uma realidade. Tanto esses quanto o Programa de Regularização Ambiental dos Imóveis Rurais do Estado da Bahia são Projetos de Lei já encaminhados à Assembleia Legislativa. “Na política e na vida, se quiser ter prosperidade por um ano, cultive grãos. Por dez anos, cultive árvores. Mas para ter sucesso por 100 anos, cultive gente”, sintetiza Rui, inspirado no filósofo chinês Confúcio.(Tribuna)


banner adv

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player