Na próxima quinta-feira (dia 4), a endocrinologista Leila Maria Batista Araújo tomará posse na cadeira de número 44 da Academia de Medicina da Bahia, em cerimônia que acontecerá na sede da entidade no Terreiro de Jesus, em Salvador, às 19h30. Formada pela UFBa, com mestrado na PUC-RJ, doutorado na USP e pós-doutorado na Harvard University (EUA), Leila é a quinta mulher a fazer parte da academia e ocupará a cadeira que tem como patrona Maria Thereza Pacheco, sendo saudada na sessão solene pelo professor Dr. Thomaz Rodrigues Porto da Cruz. Atualmente é professora titular na Ufba e atende em seu consultório e no Hospital das Clínicas, onde criou e é responsável pelo Ambulatório de Obesidade Grave há 20 anos. Membro da ABESO (Associação Brasileira sobre Estudo da Obesidade), foi presidente e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (Regional Bahia). A Academia de Medicina da Bahia foi fundada em 1958 e é presidida pelo professor Dr. Almério Machado.



Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player



banner adv