Dados positivos já podem ser observados após a adoção do programa Agente da Educação, que tem transformado o ambiente escolar e beneficiado alunos, profissionais, familiares e toda a comunidade envolvida no processo educativo. De setembro de 2015 a dezembro de 2018, o Parque Social registrou 135.635 casos de infrequência nas escolas atendidas pelo programa, dos quais 67.723 foram regularizados (49,93% dos casos). No mesmo período, foram registrados 13.693 abandonos, entre os quais 4.622 foram regularizados e 6.995 evadidos com 1.451 regularizações. A infrequência ocorre quando o aluno faltou a escola três vezes na semana ou a partir de seis vezes no mês; o abandono, quando a ausência se repete por um período de um a três meses e a evasão, com alunos que faltaram a escola por período superior a três meses. Os benefícios são refletidos tanto nos atuais dados da Secretaria Municipal de Educação (Smed), como no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Até o momento, o programa já registrou 40.133 atendimentos e 7.547 visitas domiciliares para orientar os estudantes e responsáveis sobre a importância da escola e da educação para a vida das crianças e adolescentes matriculados. Ao todo, 424 agentes da educação atuam nas escolas da Rede Municipal de Salvador. Eles são orientados por um coordenador, dois subcoordenadores e 11 orientadores de campo.


Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player



banner adv