As feiras livres agroecológicas e orgânicas existentes em Salvador foram foco de uma roda de conversa promovida pela Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), através da Coordenadoria de Segurança Alimentar e Nutricional (Cosan). O encontro, ocorrido esta semana, reuniu responsáveis destas feiras e teve como intuito conhecer e entender a dinâmica do trabalho realizado, além de avaliar possibilidades de parcerias.

Durante a reunião, foram abordados temas como a certificação dos produtos orgânicos e agroecológicos, as formas de cultivo de produtos convencionais ou hidropônicos (sem solo) e as normas que regem a organização das feiras livres orgânicas. “Estamos buscando entender quais os pontos que a Cosan poderá trabalhar para auxiliar o desenvolvimento dessas produções, fomentar o comércio e consumo de alimentos saudáveis, e assim, promover a autonomia financeira dos participantes desses grupos e a segurança alimentar dos consumidores”, afirmou o coordenador de Segurança Alimentar da Sempre, Gabriel Falcetta.

Um novo encontro está agendado para o mês de julho e deverá reunir, também, representantes da Secretaria da Cidade Sustentável e Inovação (Secis) e da Diretoria de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), presentes na primeira reunião. Serão convidados, ainda, integrantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e das secretarias municipais de Ordem Pública (Semop) e de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur).



Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player



banner adv