Divulgação 

Os deputados federais integrantes da ‘Caravana da Resistência’, que percorre municípios de três estados nordestinos até esta sexta-feira (2), foram barrados pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL) e não puderam entrar na Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) no município baiano de Paulo Afonso. João Daniel, Valmir Assunção e Paulo Pimenta usaram as redes sociais para denunciar o caso e pediram explicações nesta quinta (1º). “Ficamos estarrecidos com a proibição da entrada na empresa, mesmo com solicitação formal. Ordens do governo Bolsonaro que, mais uma vez, comporta-se com extremo autoritarismo”, salienta Assunção.

No segundo dia da ‘Caravana da Resistência’, as atividades foram iniciadas em Paulo Afonso com os sindicalistas da Chesf. Além de não ser possível entrar na Companhia Hidrelétrica, os parlamentares também foram impedidos de passar por trecho que é divisa com o estado de Alagoas, e fica na região da companhia. Conforme os deputados, todos os requerimentos necessários para a visita foram feitos previamente com apoio do Sindicato dos Eletricitários da Bahia (Sinergia), conforme procedimento padrão existente desde a fundação da Chesf.

“Ameaçada de privatização, a Chesf passa pelo seu pior momento desde a criação. Nem mesmo a Ditadura Militar impediu visitas a suas instalações. O governo Bolsonaro age com truculência e de forma antidemocrática ao impedir parlamentares eleitos democraticamente de ter acesso e defender um patrimônio público que é um bem de todo brasileiro”, apontam os parlamentares em nota conjunta em rede social. A caravana deixou a Bahia e seguiu para o estado de Sergipe, onde houve ato político em Poço Redondo. Lá, os parlamentares fizeram ações em assentamentos rurais. Essa região tem a maior concentração de assentamentos do Brasil.

“São 35 áreas assentadas, uma do lado da outra. Em Sergipe, também lançamos o abaixo assinado pela liberdade de Lula, que percorre o mundo todo. Não é só o Brasil que pede a liberdade do ex-presidente”, completa o petista baiano. Nesta sexta (2), o grupo de deputados segue para Pernambuco. As atividades da caravana encerram na cidade de Caetés, onde nasceu o ex-presidente Lula.


Prefeitura de Salvador

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player



banner adv