Resultado de imagem para 13ª Convenção Brasileira de Hospitais destaca a importância do empreendedorismo para evolução do seto

Com uma presença marcante de congressistas, a Federação Brasileira de Hospitais (FBH) e a Associação de Hospitais e Serviços de Saúde do Estado da Bahia (ASHEB) abriram oficialmente, na manhã desta quinta-feira (1º), a 13ª Convenção Brasileira de Hospitais (13ª CBH). O evento marca o retorno de um dos maiores encontros estratégicos do setor saúde para região Nordeste, depois de 34 anos. A solenidade contou com a participação do prefeito de Salvador, ACM Neto, e do presidente da International Hospital Federation (IHF), Francisco Balestrim.

“Em nome da primeira capital do Brasil queremos dar as boas vindas a todos os congressistas e dizer que estamos muito felizes com a realização deste grande evento em nossa cidade. Como prefeito, sei que a tarefa de um governante é cuidar das pessoas, e todos nós sabemos a grande diferença que a rede hospitalar brasileira faz na vida das pessoas”, disse ACM Neto, ao defender mais recursos para saúde e uma política de Estado que favoreça o fortalecimento do setor, possibilitando a união entre os serviços público e privado. 

A importância desta união também foi ressaltada pelo presidente da FBH, Adelvânio Francisco Morato. Ele destacou o papel da rede suplementar para a sustentabilidade do sistema de saúde brasileiro, sobretudo para quem não tem condições de arcar com um plano de saúde.

“Aqui na Bahia, por exemplo, há 409 hospitais, dos quais 86% são privados. Mais da metade desses estabelecimentos, cerca de 56%, realiza atendimentos para o Sistema Único de Saúde (SUS), o que demonstra a sua importância para toda população. Portanto, quando discutimos saúde, não podemos focar somente em hospitais privados, ou filantrópicos, ou públicos. Devemos discutir a rede hospitalar como um todo e o acesso da população aos serviços assistenciais de que necessita”, disse o presidente da FBH.

Morato também salientou a atuação das 16 Associações estaduais que integram a Federação Brasileira de Hospitais, responsáveis por defender os interesses de mais de 4 mil estabelecimentos de saúde pelo Brasil. “É o trabalho realizado por essas associações que engradece o papel e a função da FBH”, complementou.

Durante a solenidade, lideranças institucionais também destacaram a importância do empreendedorismo para evolução do setor saúde, que hoje responde por 20% do total de empregos gerados no país. “Saúde não se faz apenas com abnegação, mas também com empreendedorismo e é isso o que vamos discutir aqui nesses dois dias de evento, mostrar como algumas iniciativas têm tornado a rede de saúde mais forte”, disse o presidente do International Hospital Federation (IHF), Francisco Balestrim.


banner adv

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player