O deputado estadual Alan Sanches (DEM), disse se tratar de “piada” o governo do estado querer jogar no colo da oposição a responsabilidade com a votação do projeto de reestruturação dos cargos de professores universitários estaduais, que ameaçam nova greve pelo não cumprimento do acordo. Conforme o deputado democrata, a oposição, levando em conta a importância da matéria, pode contribuir com a dispensa de formalidade. “Mas o que não faremos é dar quórum. Uma base com 45 dos 63 deputados e o governador Rui Costa, acostumado a sempre passar o rolo compressor, não conseguir 32 em plenário para aprovar um projeto de sua autoria é porque possui problemas e precisa repensar seus conceitos”, frisou. “Mas, posso afirmar que nós da oposição estaremos ao lado dos professores, ao lado das Universidades”, concluiu. Por fim, Alan Sanches lembra ainda que projeto de Lei nº 23.392/2019, que estabelece o quadro de cargos de provimento permanente do magistério público nas universidades do Estado, chegou à Assembleia na última sexta-feira (3) e os trabalhos retomados nesta segunda-feira (5).


Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player




banner adv