A Sociedade Baiana de Pediatria (Sobape) reitera apoio à celebração do Novembro Roxo, mês de sensibilização para a prematuridade, que, em Salvador, será marcado por ampla programação no Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) e a segunda edição da caminhada temática na orla neste sábado (10) para conscientizar a sociedade sobre a assistência a bebês prematuros. Profissionais de diversas equipes multidisciplinares das UTIs Neonatais da Bahia farão concentração às 7h30 no monumento do Cristo, de onde seguem até o Farol da Barra.

Uma Roda de Conversa iniciada na terça-feira (5) - com edições previstas para os dias 12, 19 e 26 - reúne profissionais do serviço neonatal com o objetivo de discutir maneiras de melhorar a assistência oferecida em diversas abordagens: Cuidado centrado na família; Desenvolvimento neuropsicomotor (12); Aleitamento materno do prematuro (19); e Prevenção de infecção hospitalar (26).

As atividades, sob o tema ‘Nasci prematuro, e agora?’, são organizadas pelo complexo de neonatologia do HGRS e pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e incluem a exposição fotográfica ‘Bebês prematuros – pequenos heróis’, disponível para visita até o dia 30 deste mês na ala neonatal, no 3º andar do HGRS.

“É um tema de extrema sensibilidade que tem o irrestrito suporte de todos nós pediatras e de uma equipe multidisciplinar no sentido de oferecer sempre o melhor atendimento aos prematuros e às suas famílias. É uma questão também que nos faz reforçar o valor nutritivo do leite materno, que o alimento padrão ouro para o desenvolvimento das nossas crianças", destaca a presidente da Sobape, a pediatra Dolores Fernandez.

Além das rodas de conversa e da exposição fotográfica, profissionais da equipe de neonatologia atuam em um stand montado no HGRS com incubadora, aparelho de fototerapia, respirador, boneco e estetoscópio para simular a assistência prestada nas unidades de terapia intensiva, de cuidados intermediários e no alojamento conjunto.

“É o momento onde as crianças estão bem frágeis, precisam de todo o apoio da família e também de toda equipe multidisciplinar para tenham bons resultados. Acaba sendo um momento para a gente refletir. A medicina evoluiu muito, mas a gente tem refletir sobre a necessidade de cuidados cada vez mais aprimorados para esse tipo de patologia”, pontua José Admirço Lima Filho, diretor-geral do HGRS.


Prefeitura de Salvador
banner adv

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player