DestaquesPolítica

Promulgada lei que outorga à Alagoinhas o título de Capital Estadual da Cerveja

Foi promulgada no Diário Oficial de hoje (11), a Lei Nº 14.628/2023, que outorga à Alagoinhas o título de Capital Estadual da Cerveja. A norma é fruto do Projeto de Lei Nº 24.951/2023, de autoria da deputada estadual Ludmilla Fiscina (PV), que é alagoinhense e defende essa bandeira na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) pela reconhecida excelência da qualidade da água do município, o que tem atraído a instalação de grandes indústrias de bebidas na cidade.

O projeto de lei de Fiscina, aprovado pelos deputados no último dia 18, também cria o Bahia Beer, festival de cerveja nos moldes do Oktoberfest que será realizado na cidade anualmente e será reconhecido como manifestação cultural de interesse social e turístico para o município. Neste ano, o evento irá ocorrer de 17 a 19 de novembro, no Parque de Exposições Miguel Fontes.

‘É uma emoção muito grande para mim como deputada de primeiro mandato já ter um projeto dessa magnitude aprovado e promulgado por esta Casa. Alagoinhas transformou-se naturalmente na capital baiana da indústria da cerveja, vez que a nossa qualidade da água é uma riqueza inigualável, sendo fundamental para o surgimento de um polo industrial cervejeiro de grande porte. Temos a melhor água do Brasil e a segunda melhor do mundo, por isso, nada mais importante do que projetar a nossa cidade para o Brasil e o mundo com o que temos de mais valioso e ainda gerando emprego e renda para nosso município e região”, destacou Fiscina.

Desde quando deu entrada no projeto na ALBA, a deputada Fiscina, ao lado do prefeito Joaquim Neto (PSD), se reuniu com os ministros Celso Sabino, do Turismo; e da Cultura, Margareth Menezes; com o secretário estadual de Turismo, Maurício Bacellar; diretores da Fecomércio, secretários municipais, vereadores e empresários de Alagoinhas, com o objetivo de viabilizar a ideia. “Junto com o prefeito Joaquim Neto estamos unindo esforços para a concretização deste que será um dos maiores eventos do Litoral Norte e Agreste baiano”, disse.

Por Alagoinhas receber as maiores indústrias de bebidas do país, a expectativa é que o festival irá colocar a cidade nos holofotes de destino para consumidores cervejeiros e irá mostrar a capacidade em liderar um movimento de expansão, aprendizado e de potencialização de negócios entre produtores, agricultores e distribuidores.

Atualmente, o polo de bebidas do município conta com fábricas do Grupo Petrópolis, Heineken, que também produz na cidade a cerveja Amstel, com previsão de implantação da Cervejaria Cidade Imperial.

Para mais informações sobre o festival Bahia Beer, acesse o site: https://bahiabeerfestival.com.br/.

Foto: Aluísio Neto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *