Natal do Pelô revela Papai Noel vencedor e entrega 1.378 presentes a crianças

Foto: Jefferson Peixoto/Secom

Uma grande paixão soteropolitana levou o Papai Noel BA-VI, do artista plástico Wanderlei Oliveira, levar o título de bom velhinho do Pelô 2019. A obra foi eleita pelos votos de 2.920 crianças de várias partes da cidade, que estiveram presentes na Vila de Natal do projeto Terreiro de Papai Noel, encerrada no último dia 22, no Terreiro de Jesus. A iniciativa, promovida pela Prefeitura através da Diretoria de Gestão do Centro Histórico, vinculada à Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), também envolveu a entrega de 1.378 presentes a crianças e apresentações gratuitas do Concerto Eletrônico de Natal.

Sob forte emoção após o resultado divulgado pelo titular da Secult, Cláudio Tinoco, e pela diretora de Gestão do Centro Histórico, Eliana Pedroso, Wanderlei Oliveira revelou o “sufoco” que passou ao tentar criar um Papai Noel que agradasse à garotada, segundo ele “cada dia mais exigente”. Ele ainda agradeceu à iniciativa municipal que valoriza os artistas da terra. Agora, o Papai Noel BA-VI pode ser visto na Praça 2 de Julho, no Campo Grande.

Também concorrente, o “Papai Noel Cabuloso”,  do artista Marcos Costa, do Cabuloso Atelier de Arte e Cultura, já está na comunidade do Solar do Unhão. O terceiro postulante, o “Papai Noel Nativo do Pelô”, de Menelaw Sete, ficará no atelier do artista, no Pelourinho.

Solidariedade – Já os presentes recebidos durante a campanha realizada no Terreiro de Papai Noel foram entregues no domingo (22) a crianças moradoras do Centro Histórico e de oito instituições beneficentes, entre elas o Lar da Criança, Núcleo de Apoio de Combate ao Câncer (Nacci), Creche Bel Machado, Organização do Auxílio Fraterno (OAF), Casa de Apoio e Assistência do Portador do Vírus HIV/Aids (Caasah), Lar Irmã Benedita e Creche Orfanato Vó Flor.

Concerto – O clima de alto astral ao som de “Oh Happy Day” e a magia da iluminação cênica marcaram o encerramento do Concerto Eletrônico de Natal – Paul McCartney a Mozart, realizado entre os dias 19 a 22, na frente do prédio da Faculdade de Medicina do Terreiro de Jesus. Cerca de 2,3 mil pessoas se emocionaram, nos três dias, com o espetáculo especialmente preparado pelo maestro Ângelo Rafael e que reuniu a Orquestra de Câmara de Salvador (OCSal), o Coral Ecumênico da Bahia, o solista (voz) Fábio Eça, o DJ Thiago Pugas e o teremista Rodolfo Lima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *