Após polêmica no BBB20, irmãos Moraes defendem mais rigor contra zoofilia

Após a polêmica levantada durante a 20ª edição do Big Brother Brasil sobre a prática da zoofilia, o deputado estadual, Marcell Moraes, manifestou repúdio e reiterou que esse tipo de comportamento é crime. Durante uma conversa entre os participantes Mari Gonzalez e Felipe Prior do programa exibido na Rede Globo, a influencer baiana se posicionou sobre o estupro animais: “Normal para um monte de pessoas e tudo bem também”.

“Não podemos encarar com normalidade esse tipo de atrocidade contra os bichos. Zoofilia é um crime passível de punição e quem comete esse ato de maus-tratos deve ser tratado de forma rigorosa como previsto na legislação penal. Não vamos ficar passivos diante de um discurso que tenta normalizar esse crime”, desabafou o parlamentar.

Como protetora e cidadã, Marcelle Moraes repudia veementemente quem replica esse tipo de discurso, ainda mais num programa de grande audiência nacional. “Estamos falando de um ato criminoso de abuso sexual de animais. Jamais podemos enxergar como algum comum ou relativizar essa prática. Como protetora e cidadã repudio veementemente quem replica esse tipo de discurso, ainda mais num programa de grande audiência nacional. Zoofilia é crime e quem prática precisa ser preso”, afirmou Moraes.

No Brasil, o estupro de animais é um crime previsto no o Artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais 9605/98. O infrator pode pagar de três meses a um ano de detenção em regime fechado e ser obrigado a pagamento de multa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *