Influenciadores digitais são convidados do Laje Talks nesta terça (28)

Um dos principais destinos do turismo nacional, Salvador oferece a quem chega um vasto leque de opções de cultura, lazer e gastronomia, muitas vezes desconhecidos de quem reside na capital. Com o tema “Do feed pra rua: Redescobrindo a cidade”, o Laje Talks desta terça-feira (28) abre a roda para conversar sobre como influenciadores digitais têm aproveitado a visibilidade dada pelo Instagram para despertar nas pessoas a admiração e o desejo de ocupar os espaços da cidade. O encontro será às 18h, no terraço da sede da Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis). As inscrições, sempre gratuitas, estão esgotadas.

Com a proposta de conversar sobre temas de interesse público associados à sustentabilidade e que dialoguem com a cidade, o Laje Talks já reuniu, até a última edição, cerca de 300 pessoas. Mediado pelo secretário da Secis, André Fraga, o Laje convidou para compor a roda de conversas seis influenciadores digitais que respiram Salvador. Todo o conteúdo produzido por eles tem como enfoque a capital baiana, porém cada um com sua própria abordagem, seja ela histórica, turística ou gastronômica.

Para dar conta do panorama histórico da cidade, estará presente o autor da página Amo a História de Salvador, Louti Bahia, que é pesquisador do tema Cidades, especialista em Planejamento Urbano e Desenvolvimento Regional com Planejamento Ambiental.

Outra presença confirmada é Larissa d’Eça, relações públicas e criadora do blog As Melhores Coisas de Salvador. Nascida em Brotas e criada na Boca do Rio, d’Eça busca, por meio do projeto, fundado em 2016, descobrir e mostrar o melhor da cultura, lazer e gastronomia locais, fomentando e valorizando, desta forma, o turismo dos soteropolitanos em sua própria cidade.

Com o carnaval se aproximando, não poderia faltar o Baianidade Nagô, galeria digital de autoria de Rafaella Dominguez, que é fotógrafa, psicóloga, educadora e co-fundadora do perfil, que faz alusão à composição de Evandro Rodrigues e um dos maiores sucessos entoados pelos foliões soteropolitanos.

Também estará na Laje da Secis Josevana Bitencourt, contadora e auditora em Saúde Pública. Como criadora de conteúdo do Diário de Salvador, faz do blog um espaço de troca de informações, conhecimento e experiências sobre Salvador, bem como de olhares, percepções e amor pela cidade.

O jovem Adonias Silva, de 22 anos, é mais um convidado do bate-papo. Acadêmico de Direito, ele é o idealizador do perfil DoBuzão, por meio do qual busca mostrar a seus seguidores “o lado bom de ‘pegar buzu’ em Salvador”.

E, para fechar a lista, uma goiana: a publicitária e redatora Luriana Moraes. Natural de Goiânia e apaixonada por Salvador, onde vive há 12 anos, ela resolveu dar vida ao Se Essa Rua Fosse Minha, perfil por meio do qual registra seus passeios gastronômicos pela cidade, num convite a seus seguidores para ocupar e conhecer as ruas locais.

Terraço – Com 300 metros quadrados e capacidade para receber aproximadamente 80 pessoas, o terraço da Secis é um espaço alternativo no bairro do Comércio para receber eventos em formatos menos convencionais. Longe de ar-condicionados, mas perto de hortaliças, placas solares e de um criatório de abelhas sem ferrão, o local faz parte de um projeto arquitetônico e paisagístico voltado para a sustentabilidade, que envolve, entre outras iniciativas, a gestão sustentável das águas, eficiência e energias renováveis, e coleta seletiva, além do incentivo à mobilidade ativa e a não utilização de descartáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *