Edvaldo Brito reivindica a mensagem do prefeito impressa para os vereadores

Na próxima segunda-feira, dia 3, a Câmara de Vereadores dará início aos trabalhos legislativos deste ano. Como de praxe, o prefeito irá ao plenário levar a sua mensagem saudando os vereadores, prestando contas do que foi feito no ano passado e apresentando as propostas para 2020. O jurista e vereador Edvaldo Brito (PSD) recordou hoje que fez o mesmo em março de 1979, quando era o prefeito da capital baiana. Ele lembra que destacou as dificuldades da cidade e pediu que os problemas fossem solucionados pelo alcaide seguinte, já que o mandato dele se encerraria naquele mês. A mensagem impressa Brito guarda como uma relíquia, hoje no seu Centro de Excelência no Jardim Armação, na biblioteca de mais de 30 mil volumes aberta ao público. Na mensagem, detalhou a sua prioridade administrativa, que foram as intervenções com as quais ele resolveu os alagamentos na capital, principalmente no Comércio, Barroquinha, Avenida San Martin e Pituba, obras tão bem feitas que resistem até hoje. Ao entregar o cargo, o jurista indicou para o seu sucessor 70 pontos na cidade que precisavam de intervenção para conter as enchentes. “40 anos atrás a cidade era menor, não tinha tantos problemas, não havia a ocupação desenfreada das encostas que atualmente exigem obras imensas de contenção”, recorda Brito. Hoje, visando manter uma tradição que se perdeu, o vereador reivindicou ao presidente da Câmara Geraldo Junior (SD) que a mensagem do prefeito volte a ser impressa e distribuída entre os edis, para que todos possam acompanhar o que foi feito e quais são as intenções do chefe do executivo para este ano, “além de ser um documento histórico que mostrará, com o tempo, a evolução da administração da nossa cidade, os acertos, os erros, o que ficou pendente e quais as providências que se tornarão mais urgentes”, concluiu Brito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *