Nova unidade de saúde atenderá 460 por dia em São Marcos

Em vez de seguir até os bairros vizinhos de Pau da Lima e Castelo Branco para ter atendimento médico, a dona de casa Carolaine Barreto, de 22 anos, só vai precisar andar apenas alguns metros para chegar até a Unidade de Saúde da Família (USF) Vila Nova de Pituaçu. Construída pela Prefeitura, a nova unidade foi entregue nesta sexta-feira (31), na Rua São Jorge de Vila Nova de Pituaçu, em São Marcos, em solenidade com as presenças do prefeito ACM Neto e do vice, Bruno Reis, além do secretário municipal da Saúde (SMS), Leo Prates, equipe técnica, autoridades e moradores.

“A gente tinha que acordar cedo para conseguir uma ficha de atendimento e, mesmo assim, era mais fácil conseguir em Castelo Branco do que em Pau da Lima, que é mais perto. Agora vai facilitar muito pra gente esse posto aqui, principalmente para ela, que precisa muito de médico nessa idade”, disse Carolaine, referindo-se à filha Maria Helena, de 7 meses, que estava no colo.

O prefeito lembrou que a Vila Nova de Pituaçu tinha uma grande demanda na área da saúde e o posto era aguardado ansiosamente pelos moradores. “Serão mais de 10 mil pessoas atendidas por esta USF, que terá também atendimento de primeiros socorros para pessoas em casos mais emergenciais e que necessitem de encaminhamento para UPAs (Unidades de Pronto-Atendimento) ou hospitais”.

Estrutura e avanços – A USF Vila Nova de Pituaçu vai ofertar serviços de atenção integral, desde o recém-nascido ao idoso, através do atendimento médico, enfermagem e odontológico. Além disso, vai dispor de serviços complementares como curativo, vacinação, visita domiciliar, marcação de consultas e exames, dispensação de medicamentos básicos e confecção do Cartão do SUS. A capacidade de atendimento é para 460 pessoas por dia, através da atuação de três equipes de Saúde da Família e outras três de Saúde Bucal.

ACM Neto ressaltou que a entrega da unidade de saúde é mais um esforço que a Prefeitura vem fazendo para ampliar a atenção básica. “Este ano vai ser o ano mais importante de toda a gestão na área da saúde. Salvador tem sido a capital que mais avança na área da atenção básica no país e esse tema continuará sendo uma prioridade absoluta na cidade”, completou.

O secretário Leo Prates destacou que a cobertura de atenção básica de saúde na capital baiana saltou de 18% para 50% em sete anos. Hoje, a cidade possui 311 equipes de saúde da família, colocando Salvador na 8ª posição dentre as demais capitais.

Além disso, a USF Vila Nova de Pituaçu é a primeira de Salvador a ter sala de vacina padrão ouro do Ministério da Saúde, seguindo rígidos protocolos para funcionamento. Com essa entrega, o Distrito Sanitário de Pau da Lima chega a mais de 50% da cobertura de atenção básica de saúde – em 2013, era de apenas 8%, considerada dentre todas as outras regiões.
Foto: Valter Pontes/Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *