“Salvador voltou a ser referência”, diz ACM Neto em mensagem

Na abertura dos trabalhos na Câmara Municipal de Salvador, na tarde desta segunda-feira (3), o prefeito ACM Neto leu a mensagem ao Legislativo para 2020. Durante a solenidade, dirigida pelo presidente Geraldo Júnior (SD), o chefe do Executivo falou dos sete anos à frente do Palácio Thomé de Souza, dos benefícios conquistados pela cidade neste período e da expectativa de avanços.

O prefeito iniciou o discurso falando da importância do trabalho em conjunto com o Legislativo. “Sob o comando de Geraldo Júnior, a Câmara mostrou ser um poder totalmente independente, um poder que fez valer todas as prerrogativas institucionais, e, mais ainda, um poder sintonizado com a cidade e com o cidadão. Essa Câmara, quando ela debate, quando sugere e aperfeiçoa algum projeto do Executivo, ela não está fazendo um favor à Prefeitura, não está contribuindo para o prefeito, ela está pensando em cada cidadão de nossa cidade”, afirmou ACM Neto.

O equilíbrio fiscal do Município foi uma das áreas mais destacadas pelo prefeito, afirmando que a cidade “voltou a ser referência nacional”. “É uma nova Salvador que brota neste solo abençoado pelo Nosso Senhor do Bonfim e Santa Dulce dos Pobres”, continuou.
Conforme o chefe do Executivo, o resultado da política de responsabilidade fiscal implantada resultou num recorde de investimento de R$ 659 milhões financiados pela poupança corrente e operações de crédito.

Gratidão

Dentre os feitos, citou a construção do Hospital Municipal e o investimento na saúde municipal, por meio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). Na educação, a ampliação do Programa Primeiro Passo, que em neste ano alcançará a oferta de 26 mil vagas, também foi sinalizada na mensagem.
Segundo ACM Neto, ações da gestão foram responsáveis pelo crescimento do fluxo turístico, impulsionando a movimentação econômica em setores importantes, como a hotelaria, através da chegada de novos hotéis de padrão internacional, a exemplo do Fera e o Fasano, ambos no Centro Histórico. “Outra iniciativa de grande significado foi a elaboração do Plano de Ação para o Desenvolvimento do Turismo Étnico-Afro de Salvador, com recursos do Prodetur da ordem de R$ 14,7 milhões para financiamento de ações de capacitação, promoção e geração de negócios para empreendedores negros e atores do turismo étnico afro, especialmente mulheres”, salientou.
Outros feitos, como o Salvador 360, o HUB Salvador e a realização da Semana Latino-americana e Caribenha do Clima, foram apontados como legados históricos para nossa cidade.

“Na leitura desta última mensagem, eu posso afirmar que chegamos a uma nova Salvador. Estamos juntos nessa transformação que resgatou a nossa autoestima e está recuperando o brilho da Primeira Capital do Brasil”, pontuou, ressaltando chegar ao fim da gestão com o sentimento de gratidão.
Dirigida pelo presidente Geraldo Júnior, a mesa do evento contou com as presenças dos vereadores Carlos Muniz (Podemos) e Orlando Palhinha (DEM), e o vice-prefeito e secretário de Infraestrutura, Bruno Reis, a quem o prefeito enalteceu a parceria na realização de diversas obras em diferentes bairros.

Foto: Antonio Queirós

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *