Jornada 2020 destaca inclusão do Projeto Político Pedagógico no cotidiano da escola

“O Projeto Político Pedagógico deve ser incorporado ao dia a dia escolar”, ressaltou o professor Paulo Padilha durante conferência de abertura da Jornada Pedagógica 2020 da rede municipal de ensino de Lauro de Freitas. Doutor em Educação, Paulo Padilha defendeu a ideia de um Projeto Eco-Político-Pedagógico focado nas relações humanas, na gestão democrática e compartilhada e na construção de ciclos e avaliações dialógicas que envolvam aspectos socioculturais, socioambientais e a construção do conhecimento.

Na Jornada, na tarde desta terça-feira (12), no Cerimonial Cosme e Damião, no bairro de Vida Nova, a prefeita Moema Gramacho reafirmou o compromisso com a educação. “Vamos revolucionar a educação no município com os R$118 milhões do precatório do FUNDEF, que conseguimos recuperar depois de muitos anos de luta”.

A prefeita ressaltou que esse recurso será investido na reforma das escolas, que serão climatizadas e modernizadas, e contarão com áreas para prática de esportes. Também serão construídas novas escolas e creches, além do aumento das unidades de tempo integral, que serão bilíngues.

Moema anunciou ainda que vai buscar na Justiça a autorização para pagar os passivos dos profissionais da educação com parte desses recursos, o que atualmente é proibido pelos Tribunais de Contas do Município e da União. Destacou ainda que mesmo na atual conjuntura, a gestão tem conseguido atender as demandas da Educação.

A secretária de Educação Vânia Galvão agradeceu ao professor Paulo Padilha pela conferência, pontuou avanços na concessão de direitos aos educadores nos últimos três anos, e compartilhou suas preocupações referentes ao silêncio do governo Federal sobre a renovação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Funderb), cuja vigência se encerra este ano.

Já a coordenadora da Educação Básica da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Cristina Kavalkievicz, reforçou a atuação dos setores da coordenação para assegurar a realização da Jornada Pedagógica 2020 e a agilidade e transparência da seleção de docentes pelo Regime Especial de Direito Administrativo (Reda).

Palestra

Esclarecedora e dinâmica foram adjetivos atribuídos à palestra do professor Paulo Padilha por educadoras da rede. “Palestra ótima, esclarecedora! Fala da realidade e de coisas que a gente precisa saber para estar preparada para a sala de aula”, destacou a professora da Educação Infantil, Fátima Araújo, que atua no Centro Social Urbano de Portão. “Pertinente e dentro da realidade que estamos vivenciando com a BNCC (Base Nacional Comum Curricular)”, completou a coordenadora pedagógica da Escola Municipal de Ipitanga, Antônia Gonçalves.

Atenta à palestra, a educadora do Centro de Educação Infantil de Areia Branca, Maria Fátima dos Santos Batista, concluiu que o professor Padilha “está falando a coisa certa. Falando das necessidades de sermos abertos, acolhedores, respeitar o próximo, e capazes de aprender novas coisas”.

Conferência na rede

Paulo Padilha é doutor em Educação pela Universidade de São Paulo (USP), e mestre pela Universidade Camilo Castelo Branco. Suas atividades de docência e pesquisa envolvem temas como curricularização da extensão universitária, princípios pedagógicos frerianos e a Base Nacional Comum Curricular. Atualmente, o professor é Diretor Pedagógico do Instituto Paulo Freire (IPF) e Coordenador Geral da EaD Freiriana. Assista a palestra de abertura da Jornada Pedagógica 2020 na íntegra por meio da Fanpage de Semed: https://www.facebook.com/educalauro/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *