BALANÇO: Carnaval registra redução de 45% nos atendimentos cirúrgicos

Dos 2.224 atendimentos realizados nos módulos de saúde até o terceiro dia oficial do Carnaval, 80,5% foram de casos clínicos como cefaleia, dores e intoxicação alcoólica. O Circuito Dodô (Barra/Ondina) continua liderando o número de ocorrências, nos módulos Farol da Barra e Ademar de Barros, principalmente.

Houve redução de 45% dos atendimentos cirúrgicos e de 24% dos ortopédicos em relação ao ano passado, ressaltando a baixa gravidade e maior cuidado com os tipos de calçados utilizados pelos foliões. Apenas 3% do total de pacientes assistidos necessitaram ser transferidos para realizarem avaliação especializada. O Hospital Geral do Estado (HGE), UPA Vale dos Barris e UPA Brotas foram as unidades de retaguarda com mais transferências.

Transporte – Pelo menos 3,6 milhões de passageiros foram registrados pelos diversos modais de transporte disponibilizados para levar o folião aos circuitos do Carnaval nos três primeiros dias do maior carnaval de rua do mundo. Somente no terceiro dia, ontem, foram 743,3 mil pessoas usando o sistema convencional de ônibus coletivos e outras 48,6 mil no o sistema complementar.
Aproximadamente 110 mil foliões usaram a linha especial gratuita Lapa-Calabar. Mais de 22 mil pessoas optaram pelo táxi e quase oito mil usaram o mototáxi, segundo dados divulgados hoje pela Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob).

Trânsito – Nos três primeiros dias oficiais de festa, a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) registrou uma diminuição de 73,5% na quantidade de vítimas de acidentes de trânsito na capital, se comparado com o mesmo período de 2019. Este ano, até o momento são 14 vítimas em toda cidade, sendo uma fatal.

No ano passado, foram 53 vítimas, das quais duas fatais. Durante a operação da terceira noite de Carnaval, foram registradas 1.372 autuações, além de 67 remoções gerais de veículos em situação irregular. Agentes de trânsito abordaram 587 condutores durante as blitze da Lei Seca realizadas na noite deste sábado (23). Destes, 53 foram autuados por terem ingerido álcool. Ainda durante as abordagens, 41 habilitações foram recolhidas e 16 veículos foram levados ao pátio da autarquia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *