Após marcar encontro pelo whatsapp menina de 14 anos é estuprada e morta; pais devem ficar alertas

Em várias regiões do Brasil, estupradores estão usando as redes sociais para atrair suas vítimas.

Em tempos de relacionamentos virtuais, mais do que nunca, o velho ditado da bisavó permanece de pé, em plena era da informática: “Quem vê cara não vê coração”.

Na cidade de Ferreira Gomes, no estado do Amapá,  uma adolescente identificada como Bárbara Ribeiro dos Santos de apenas 14 anos de idade, foi encontrada morta  em uma estrada após se encontrar com um desconhecido, que ela conheceu através de um grupo de Whatsapp.  

Segundo informações do IML, no corpo de Bárbara havia sinais de espancamento, a menina foi estuprada e encontrada com o vírus do HIV após exames sanguíneos.

Ouvido pela polícia, o pai da adolescente, o trabalhador rural João Batista Ribeiro Sousa, disse que Bárbara tinha saído de casa, às 20h de sexta-feira (21), e não deu mais notícias, sendo encontrada morta com sinais brutais de violência sexual.

A Policia Civil do Amapá está investigando o caso, através das mensagens trocadas pelo celular, para tentar identificar o criminoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *