Advogado jacobinense morre em acidente de moto

Um advogado jacobinense Thiago Montenegro morreu após um acidente de trânsito,  na madrugada desta sexta-feira (28/2), na avenida Tancredo Neves, em Salvador, próximo à sede do jornal A Tarde.

Segundo relato de testemunhas, o advogado pilotava uma motocicleta que se chocou contra uma pedra que teria caído de uma caçamba, que seria prestador de serviços para a empresa que trabalha nas obras do BRT na capital baiana.

“A caçamba carregava terra e pedras que vazavam e se espalharam na pista, então ele acabou se desequilibrando por causa de uma dessas pedras maiores e acabou caindo”, relato à TV Aratu Fábio Teshirogi, integrante do MotoTrip, um clube do qual a vítima fazia parte.

Na queda, Thiago sofreu várias fraturas, além de uma lesão no abdômen que resultou em hemorragia interna.

 O advogado ainda chegou a ser socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu.

A comandante da 35ª Compahia Independente de Policia Militar (CPIM/Iguatemi), major Leila Aragão, informou que a guarnição foi chamada para a ocorrência por volta de 4h. No local, os policiais encontraram equipes do Salvar e da Transalvador, que já estavam socorrendo o advogado. O Boletim de Ocorrência confirma que o acidente foi provocado por uma caçamba, mas não especifica se ela faz parte das obras do BRT.

A PM contou ainda que o motorista da caçamba fugiu sem prestar socorro. O corpo de Thiago foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Salvador e seu enterro deve acontecer na manhã de sábado (28/2).

A empresa responsável pelas obras foi procurada pelo Aratu Online negou que seja dona do caminhão.

O corpo do advogado Thiago Montenegro, que era natural de Jacobina, filho do empresário Batista da Emplacadora, será cremado neste sábado (29), às 10 horas da manhã, em cerimônia para familiares e amigos no Cemitério Jardim da Saudade, em Salvador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *