Prefeitura retoma obras próximas aos circuitos do Carnaval

As obras que foram paralisadas no último dia 19 por conta da proximidade com os circuitos do Carnaval já começaram a ser retomadas. São elas a da Avenida Sete de Setembro, Praça Castro Alves, Curuzu, Jardim Brasil e Corredor da Vitória. Retomadas na quinta-feira (27), por exemplo, as obras da Avenida Sete de Setembro já têm 60% do andamento concluído.

No local, já foram realizados o alargamento das calçadas para cinco metros e a repaginação em granito e pedras portuguesas, além da inserção de rampas e piso tátil. Toda a via recebeu nova iluminação em LED, requalificação do asfalto, dos canteiros, melhorias da rede de drenagem e rede de água e esgoto, além de implantação de vala técnica e de rede de gás.

O trecho da Casa D’Itália até o Relógio de São Pedro, que representa 75% da via, teve toda a infraestrutura concluída. Toda a intervenção, que ocorre sob coordenação da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), deve ser finalizada em maio. A infraestrutura e pavimentação da Praça Castro Alves também serão entregues, com exceção do trecho do achado arqueológico que foi encontrado e passará por uma readequação do projeto.

Com a retomada das obras, será realizada a pavimentação da via em frente à Praça Castro Alves onde serão implementados paralelepípedos em piso compartilhado entre carros e pedestres. O trecho contemplado pela requalificação da Avenida Sete de Setembro começa na Casa D´Itália e segue até a Praça Castro Alves, cumprindo cerca de 1,2 quilômetro.

As obras tiveram investimento de aproximadamente R$ 20 milhões. Os recursos são provenientes de financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), através do Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur) da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult).

O projeto de requalificação da Avenida Sete e da Praça Castro Alves foi elaborado pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), e está sendo executado pelo Consórcio Nova Avenida Sete, formado pelas empresas Metro Engenharia e Consultoria Ltda. e Construtora BSM Ltda.

Curuzu – No Curuzu, 40% das obras já estão realizadas e a conclusão deve ocorrer em seis meses. As melhorias, iniciadas em agosto, são executadas pela empresa CBS Construtora Baiana de Saneamento, com acompanhamento da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra). O projeto de requalificação foi elaborado pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF).

De acordo com a Seinfra, as intervenções têm caminhado dentro do cronograma. Até agora, 30% dos serviços de pavimentação foram realizados e 40% das ações envolvendo drenagem, implantação de vala técnica, passeio em concreto lavado e meio fio já foram concluídas. O trecho a ser requalificado mede 1,1 km, e recebe investimentos de R$6,8 milhões. O objetivo da intervenção é promover melhorias urbanísticas e de mobilidade, além de valorizar a história e a cultura do Curuzu, que possui mais de 20 mil habitantes.

Demais locais – Também foram retomados os serviços nas regiões do Jardim Brasil (Barra) e Corredor da Vitória (Avenida Sete de Setembro). O Jardim Brasil passa por obras para colocação de piso intertravado, novo passeio, meio-fio, iluminação em LED e paisagismo. A previsão de finalização é de 30 dias. Já no Corredor da Vitória, um trecho de 1,2 quilômetro está sendo requalificado para a melhoria da mobilidade e, portanto, passa por ampliação das calçadas e pavimentação.

Do lado direito, segundo o projeto da FMLF, o passeio que fica no sentido Campo Grande-Barra será ampliado, ganhando uma ciclovia compartilhada no mesmo nível, permitindo que as pessoas pedalem ou caminhem com mais facilidade pelo trecho. A calçada do lado oposto também passará por pavimentação.

As obras ocorrem graças a uma parceria entre a Prefeitura e a iniciativa privada, com investimento de R$3,3 milhões, feito pelo Condomínio Mansão Wildberger. A previsão de entrega é em 60 dias.

Foto: Jefferson Peixoto / Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *