Valmir defende Gleisi Hoffmann: “Fascistas não respeitam mulheres nem ninguém”

O deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) foi um dos políticos petistas que defendeu a presidente nacional do seu partido, a também deputada Gleisi Hoffmann. Ela foi alvo de provocações de bolsonaristas em hotel do Rio de Janeiro no último final de semana e foi atacada em redes sociais por ter respondido às agressões. Nesta terça-feira (3), Assunção, juntamente com o colega João Daniel (PT-SE), emitiram solidariedade a Gleisi e criticaram a postura dos apoiadores do atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Juntamente João Daniel, nós da EPS [Esquerda Popular Socialista] prestamos toda solidariedade para nossa presidente Gleisi, que foi atacada pelos fascistas justamente no mês da mulher. Fascistas não respeitam mulheres nem ninguém. E isso para nós causa muita indignação, mas todas as mulheres têm que fazer igual a presidente Gleisi, não baixar a cabeça para ninguém. Erga a cabeça, vá para cima, enfrente justamente neste período de retirada de direitos e, sobretudo, nesse momento de criminalização da política”, declara Valmir.

Em um vídeo de apenas sete segundos, é possível ouvir os manifestantes agredindo Gleisi na saída de um hotel no Rio de Janeiro. O caso repercutiu pelo país e as redes sociais da deputada federal paranaense registraram, mais uma vez, alto número de agressões por internautas seguidores de Bolsonaro. Valmir considera importante o acompanhamento do caso e a apuração das ameaças que Gleisi vem sofrendo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *