Prefeitura requalifica e entrega campo de futebol no Calabetão

Os moradores do Calabetão passam a ter um campo totalmente repaginado para praticar futebol e desenvolver atividades recreativas. Requalificado pela Prefeitura, com investimento de R$ 391,1 mil, o equipamento foi entregue à população pelo vice-prefeito Bruno Reis, na noite de terça-feira (3), quando esteve na localidade acompanhado do vereador Sérgio Nogueira e de diversos líderes comunitários.

Também secretário de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Bruno Reis afirmou que a atual gestão vai continuar investindo em ações que estimulem a prática esportiva na capital baiana. “Já recuperamos mais de 390 campos e quadras em nossa cidade. Além de ser o principal espaço de lazer da comunidade, este equipamento é capaz de fazer com que daqui saiam craques para jogar no Bahia e no Vitória, mas também em outros times do Brasil e do mundo”, disse.

O vice-prefeito destacou a importância do esporte para a população, especialmente para a juventude. “Em Salvador, utilizamos o esporte como uma ferramenta de inclusão social. A prática esportiva dá disciplina e foco, sendo capaz de afastar os jovens do mundo do crime, da marginalidade e, principalmente, das drogas. Investindo nessa área, transformamos o presente e damos uma nova e mais positiva perspectiva de futuro a essas pessoas”, pontuou Bruno Reis.

A requalificação do equipamento esportivo inaugurado pelo vice-prefeito contemplou a troca de alambrados e traves, melhoria na iluminação, nivelamento do piso, construção de muretas e passeios, implantação de rede de cobertura, calhas e portões, além de serviços de drenagem. Na comunidade, Bruno Reis ainda autorizou a construção de um vestiário no campo do Calabetão, atendendo a pedidos da população e de líderes comunitários.

O vice-prefeito anunciou que a Prefeitura está viabilizando recursos para tocar a requalificação integrada do Calabetão. “É um projeto, hoje, orçado em R$ 55 milhões, para abrir uma nova via, que vai ligar a BR-324 ao Calabetão. Vamos fazer a urbanização de um canal, que entronca com o do Sossego, cujas obras já estão sendo executadas, contemplando ainda a construção de equipamentos públicos e de um conjunto habitacional, para pessoas que vivem em moradias precárias”, frisou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *