Rede municipal inicia mobilização para prevenir coronavírus

A rede municipal de ensino de Salvador iniciou este mês uma mobilização para prevenção contra o coronavírus. A iniciativa tem como alvo todas as 433 escolas pertencentes à rede e envolve orientações sobre procedimentos de higienização, bem como sugestões de atividades pedagógicas que possam ser feitas nas unidades de educação e espaços coletivos.

Com isso, as escolas podem, por exemplo, levar os alunos a produzirem cartazes e murais informativos sobre a doença, promover debates sobre fake news relacionadas ao contágio, uso de aplicativos para tirar dúvidas e obter informações, criação de boletim virtual ou gravação de vídeos pelos alunos, sob orientação dos professores, para circular na própria unidade de ensino.

“As atividades feitas são correlacionadas com o conteúdo dado em sala previsto no currículo escolar, contextualizando com o coronavírus. Tudo é com base em orientações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde”, ressalta a coordenadora de Transversalidade da Secretaria Municipal de Educação (Smed), Jaqueline Araújo Barros.

Na Escola Municipal Terezinha Vaz, no Barbalho, as crianças já fizeram um painel e estão recebendo orientações nas salas de aula sobre o coronavírus. A Cecy Andrade, em Fazenda Grande II, realizou uma panfletagem com orientações de higiene e cuidados em relação ao vírus, envolvendo a comunidade escolar e entorno, além de seminário interclasses. Já escola Doutor Otaviano Pimenta, em São Tomé de Paripe, será palco de uma feira de saúde entre os dias 13 a 17 deste mês.

As escolas também foram recomendadas a adotar métodos de higienização de superfícies, como móveis e corrimãos, além de objetos compartilhados como teclados e materiais escolares.

Foto: Jefferson Peixoto/Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *