Câmara de Salvador adota medidas de prevenção contra o coronavírus

Através de uma portaria assinada pelo presidente Geraldo Júnior (SD), a Câmara Municipal de Salvador começa a adotar protocolos de prevenção no Legislativo e suas dependências para vereadores, funcionários, estagiários, terceirizados e cidadãos que frequentam a Casa, dado o crescente número de casos suspeitos e a confirmação das primeiras infecções  por coronavírus na capital baiana.

Está suspensa, temporariamente, a entrada do público externo no Plenário Cosme de Farias, na Biblioteca Manuel Querino, no Centro de Cultura da Câmara e no Memorial. O acesso do público aos gabinetes dos vereadores ficará a cargo de cada parlamentar, que conduzirá o controle do fluxo. Os eventos culturais e comemorativos na Câmara também estão suspensos.

Entre as medidas que constam na portaria está a determinação de que todos que apresentarem sintomas devem procurar uma unidade de saúde. Caso seja emitido um atestado médico, o documento não precisará ser entregue pessoalmente, podendo ser enviado de maneira de digital.

Outra medida adotada foi a liberação de todos os funcionários acima de 60 anos ou portadores de doenças crônicas (mediante comprovação). Essa medida deve ser colocada em prática em comum acordo com a administração do setor, facultando a execução do trabalho remotamente.

Todas as empresas terceirizadas prestadoras de serviço à Câmara  deverão adotar posturas que garantam a prevenção e o combate à disseminação do COVID-19. Foi determinado ainda o aumento do fluxo de limpeza dos banheiros, elevadores, corrimãos e maçanetas, além da instalação de dispensadores de álcool em gel nas instalações da Casa.

Para o presidente Geraldo Júnior, não é necessário pânico, mas medidas protetivas precisam ser tomadas. “A Câmara é a Casa do Povo e, como seu nome já diz, há uma grande fluxo de pessoas. Pensando no bem-estar e na prevenção não só dos servidores, mas do público em geral, seguindo as recomendações dos setores de saúde, foram necessárias, temporariamente, essas medidas”, enfatizou Geraldo Júnior.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *