Prefeitura lança Operação Chuva 2020 nesta segunda-feira (16)

A previsão climática para o trimestre entre março e maio de 2020 indica chuvas em torno de 30% acima da média histórica do período em Salvador, que é de 821,1 milímetros. Como tem acontecido nos últimos anos, a Prefeitura intensificará as medidas preventivas e emergenciais para minimizar os efeitos causados pelas precipitações na cidade, especialmente junto às comunidades mais carentes. O prefeito ACM Neto apresenta, nesta segunda-feira (16), às 9h30, em coletiva no Palácio Thomé de Souza, os detalhes da Operação Chuva deste ano, que começa no mesmo dia.

A iniciativa é coordenada pela Defesa Civil de Salvador (Codesal) e envolve diversos órgãos municipais e entidades parceiras, dentro do Sistema Municipal de Defesa Civil (SMDC). O objetivo é preparar, de forma mais completa e organizada, a capital baiana para enfrentar o período chuvoso, que tradicionalmente ocorre entre março a junho. As ações preventivas são contínuas, mas nesses quatro meses a Prefeitura reforçará as atenções nas áreas de risco. O investimento total este ano é da ordem de R$ 55 milhões.

Parte dos recursos será empregada, por exemplo, na intensificação do uso de tecnologia do Sistema de Alerta e Alarme. Será aberta licitação para implantação de mais oito sirenes em áreas de risco, com investimento de R$ 840 mil. Estes equipamentos se somarão a outros 11 já instalados em dez localidades. Outras ações serão detalhadas durante a coletiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *