Força-tarefa começa a fiscalizar cumprimento de decreto contra coronavírus

A partir desta quarta-feira (18), uma força-tarefa formada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) e pela Vigilância Sanitária de Salvador (Visa), com o apoio de outros órgãos, como a Guarda Civil Municipal (GCM), vai verificar se o decreto municipal que prevê medidas contra o avanço do coronavírus (Covid-19), publicado ontem (16), está sendo cumprido. Os estabelecimentos que não respeitarem as determinações serão interditados imediatamente pelo órgão e, quem for reincidente, terá o alvará de funcionamento cassado.

A Sedur dará todo o apoio necessário para que as medidas sejam cumpridas. Com isso, as fiscalizações serão realizadas diariamente nos turnos matutino e vespertino e com plantão à noite. Segundo o diretor de Fiscalização da Sedur, Átila Brandão Júnior, as equipes estão atuando desde ontem (16), notificando locais de grande aglomeração de pessoas sobre as determinação do decreto, como academias, casas de espetáculo, de festa e parque infantil, buffet para cerimonial, teatros, cinemas, escolas e universidades privadas.

O decreto prevê o fechamento desses locais pelo prazo de 15 dias, a contar desta quarta (18), quando começam as ações de fiscalização da força-tarefa. Segundo Brandão, essas fiscalizações serão feitas também em espaços de culto religioso, abrangendo as igrejas evangélicas e católicas, centros espíritas e terreiros de candomblé e umbanda. “O nosso objetivo hoje não é aplicar multa, mas conter a proliferação do vírus. A nossa maior preocupação é em fechar para que a medida sanitária seja efetiva. As pessoas devem a todo custo evitar aglomerações. Precisamos do apoio da sociedade, dos empresários, de todos os setores da sociedade”, disse o diretor de Fiscalização.

Foto: Bruno Concha/Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *