Lauro de Freitas inicia pelas creches a distribuição dos primeiros kits de alimentação da merenda escolar

A Prefeitura iniciou neste sábado (28) a distribuição dos primeiros kits alimentação da merenda escolar, para alunos de doze unidades de ensino infantil dos Bairros da Itinga e Centro. Com as aulas da rede municipal suspensas, por conta da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), a ação vai garantir a continuidade da alimentação dos quase 28 mil alunos. As demais unidades de ensino começam a receber os kits na próxima segunda-feira (30). A expectativa da Prefeitura é que até o dia 01/04 todos os kits já tenham sido entregues.

Para receber os kits, os pais ou responsáveis devem procurar as escolas onde os seus filhos estão matriculados. A relação das unidades de ensino onde estão sendo distribuídos os kits, assim como as datas e horários, podem ser consultadas no site www.laurodefreitas.na.gov.br. Para o senhor Matias dos Santos Lima, que tem um filho matriculado na Creche Mundo Novo, na Vila Praiana, e antes da pandemia vendia produtos nas praias do município, o kit chegou em boa hora.

“Chegou na hora certa, porque nós estamos todos dentro de casa, sem trabalhar, e precisamos comer, principalmente as crianças. Aqui na creche fazia três refeições por dia, e com o kit dá para manter isso, porque sem vender a gente já está passando por dificuldades. As praias estão fechadas e eu estou sem vender há uma semana já. Esse kit garante pelo menos a alimentação de meu filho”. A distribuição dos kits alimentação pela Prefeitura começou após consulta ao Ministério Público (MP/BA), quanto aos aspectos legais da ação.

Na consulta ao MP/BA, a Prefeitura ressaltou a importância da merenda escolar como fonte de alimentação e que a privação da alimentação oferecida na merenda escolar poderia agravar o quadro social, e o problema da emergência de saúde pública atual por conta do COVID-19. De acordo com a gestão municipal, a quantidade dos alimentos do kit foi balanceada por uma nutricionista. A importância dos kits foi ressaltada por Jaqueline do Santos Brandão que foi buscar o kit na Creche Espaço Kids, no Centro.

“Tenho uma filha de dois anos que ficava aqui na creche o dia todo enquanto eu trabalhava. Eu sou cuidadora de idosos, só que com esse vírus não tem trabalho, nem creche. Fui dispensada do trabalho desde sábado passado, estou em casa, só saí hoje para vir aqui. Essa cesta vai ser muito importante para a alimentação de minha filha. Estava muito complicado. Agora as coisas melhoram um pouco, porque esse kit aqui vai ajudar bastante mesmo.”

Para evitar aglomerações de pais e responsáveis nas unidades de ensino, a Secretaria Municipal de Educação (SEMED) escalonou a distribuição por turmas, em horários diferentes e garantindo o distanciamento de 1,5 metros entre as pessoas. O contato com os pais para informar a logística das entregas foi realizado por meio de grupos de Whatsapp. A ação conta com o suporte da Polícia Militar da Bahia, Guarda Municipal e agentes da Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Ordem Pública (SETTOP).

Além da entrega dos kits alimentação, as unidades de ensino estão produzindo cadernos com atividades pedagógicas para os alunos, além da disponibilização, por meio da Plataforma de Recursos Digitais (Red),  da SEMED, de conteúdos voltados as turmas de Educação Infantil,  Ensino Fundamental  e Educação de Jovens e Adultos, que juntos compõem a Educação Básica. A plataforma é alimentada pelas equipes da SEMED. Na próxima semana serão disponibilizadas rotinas a serem seguidas semanalmente pelos estudantes, com o acompanhamento dos pais.

Jornalista Rodrigo Castro

Fotos: Danilo Magalhães

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *