Coronavírus: Lauro de Freitas reforça higienização de locais públicos e transporte coletivo

Como medida para evitar a proliferação do novo coronavírus (COVID-19), a Prefeitura de Lauro de Freitas está realizando a higienização de locais públicos de maior circulação de pessoas, como praças, pontos e terminais de ônibus, e demais equipamentos públicos, a partir da pulverização de uma solução de hipoclorito de sódio. A ação foi iniciada pelo Largo do Caranguejo e entorno.  Ônibus e vans que fazem o transporte coletivo também estão sendo higienizados diariamente.

Nesta sexta-feira (3), a higienização está sendo realizada em pontos de ônibus da Avenida Santos Dumont (Estrada do Coco), passarelas, além de praças no Centro, Jambeiro e Areia Branca, estação e terminal do metrô, Parque São Paulo, terminais de ônibus do Centro e de Portão, entre outros. As equipes responsáveis pela ação, realizada pela Secretaria de Serviços Públicos (SESP), é composta por 16 pessoas, devidamente vestidas com equipamentos de proteção individuais (EPI’s) específicos para este tipo de trabalho.

A higienização dos veículos utilizados para o transporte de passageiros, a exemplo de ônibus, micro ônibus e vans, realizada quatro vezes por dia, bem como de terminais de ônibus, e de transbordo do metrô, foi determinada pela gestão municipal em decreto n° 4.594, publicado em 21 de março, que declarou estado de emergência no município em função da pandemia do COVID-19, e suspendeu o funcionamento de shoppings centers, centros comerciais, call centers, e das atividades comerciais de restaurantes e barracas de toda orla marítima do município.

Em decreto publicado na última segunda-feira (30), a Prefeitura prorrogou por mais quinze dias, a suspensão das aulas nas redes pública e privada de ensino, e o funcionamento de estabelecimentos comerciais. As suspensões foram determinadas em decretos publicados nos dias 13, 16 e 17. Desde o início da pandemia, a gestão municipal já publicou nove decretos com medidas voltadas a não proliferação do novo coronavírus (COVID-19).

Até o momento, 128 moradores de Lauro de Freitas foram notificados com suspeita para o coronavírus, 81 tiveram resultados negativos para o vírus, 35 aguardam análise laboratorial e 12 foram confirmados para o COVID-19. Na última quarta-feira (1), a Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), aprovou por unanimidade a solicitação da Prefeitura de Lauro de Freitas, do reconhecimento de Estado de Calamidade Pública no município, motivado pela pandemia, por meio de  Decreto Legislativo nº 2516, com efeitos até 31 de Dezembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *