Ronaldo Carletto defende uso do Fundo Partidário e adiamento das eleições para 2022

O deputado federal Ronaldo Carletto (PP) voltou a defender a destinação dos R$ 2,3 bilhões do Fundo Eleitoral para as ações de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus COVID-19 no país. Além disso, ele é a favor do adiamento das eleições municipais para o ano de 2022.

“Acredito que as eleições municipais deste ano devem ser adiadas, pois convocar a população para ir às urnas seria colocar a vida das pessoas em risco”, argumentou o parlamentar que disse ainda que “a prioridade agora é combater o coronavírus e não realizar eleições”.

Carletto defende que o recurso do Fundo Eleitoral seja investido no Sistema Único de Saúde (SUS) e repassado também a governadores, para reforçar a luta contra o avanço da doença em todos os estados. “A pandemia é uma grave crise de saúde pública e precisamos de todos os esforços para enfrentá-la”, destacou o deputado.

Até este sábado, dia 03 de abril, o Brasil conta com 10.278 pessoas infectadas e 432 mortes. Os números no Brasil se mantêm crescentes, com cerca de mil novos casos diários da doença, e a taxa de letalidade segue em 4,2%, segundo o Ministério da Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *