Marcell Moraes rechaça decisão municipal de reabertura do comércio de Vitória da Conquista

O deputado Marcell Moraes classificou como ‘irresponsável’ a decisão do prefeito Herzem Gusmão (MDB) em decretar a reabertura do comércio parcial de Vitória da Conquista em meio à pandemia do Covid-19, coronavírus, no mundo. A partir desta segunda-feira (06), as lojas abrirão no esquema de rodízio de turnos.

Marcell lamentou e afirmou que a cidade ‘é governada por um genocida’. “É um momento em que todos os órgãos responsáveis aconselham a população a ficar em casa, mas o prefeito Herzem está preocupado com dinheiro e empresários e o povo que dê um jeito para tentar sobreviver. Qual a necessidade estimular as pessoas irem para as ruas, comprar artigo de mesa, banho ou bijuteria? Um absurdo sem tamanho”, disparou.

O deputado reforçou que a população de conquista deve ficar em casa e não ouvir a orientação do chefe do executivo municipal. “Essa semana é um dos períodos mais críticos conforme divulgado por autarquias de saúde, Vitória da Conquista é uma das maiores cidades da Bahia e há chance de se tornar um epicentro da doença, isso seria um caos. Não saiam para as ruas, o mais importante agora é saúde do coletivo e salvar vidas. Não entendo como um prefeito não consegue compreender a dimensão dessa situação”, concluiu.

Dados – Em Vitória da Conquista foram registrados seis casos confirmados de coronavírus. A Bahia possui até esta segunda-feira (06) de manhã, 431 ocorrências confirmadas do novo coronavírus (Covid-19). Dez pessoas foram vítimas fatais, sendo oito notificados em Salvador, um em Utinga e outro em Itapetinga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *