É preciso união para combater o inimigo maior”, diz João Roma sobre corte de R$ 150 milhões na Câmara

O deputado federal João Roma (Republicanos) afirmou nesta quarta-feira (8) que o corte de R$ 150 milhões nas despesas da Câmara dos Deputados é uma importante ação para combater o coronavírus. Anunciada pelo presidente da Casa, Rodrigo Maia, a medida vai atingir gastos com pessoal, investimentos e custeio operacional. Os recursos são repassados ao Executivo.

“São cortes de gastos que vão somar 150 milhões em recursos para ajudar a conter a pandemia que está se alastrando rapidamente pelo país. Vamos continuar trabalhando incessantemente para que os impactos provocados pelo coronavírus sejam os menores possíveis para a população que mais precisa”, ressaltou.

Para Roma, o momento é de união para enfrentar o avanço da Covid-19. “O anúncio desta medida pelo presidente Rodrigo Maia é mais uma demonstração de que o Parlamento segue forte e ativo nesta verdadeira guerra contra a Covid-19. É um momento de deixarmos as diferenças ideológicas e as disputas políticas para focarmos no que importa que é o enfrentamento ao coronavírus. Agora, é preciso união para combater um inimigo maior, colocando qualquer interesse político-partidário de lado”, enfatizou.

Segundo Maia, a decisão foi tomada pela Mesa Diretora da Câmara, após diálogo com os líderes partidários. Os recursos poderão ser utilizados pelo governo federal diante do cenário de previsão de queda brusca na arrecadação. Do total de R$ 150 milhões, R$ 43 milhões são oriundos das despesas de pessoal, R$ 49 milhões de investimentos e R$ 58 milhões de custeio operacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *