Vereador Odiosvaldo propõe que a taxa de iluminação pública municipal seja utilizada temporariamente como benefício social

O vereador Odiosvaldo Vigas (PDT) propôs hoje (11) que a Contribuição de Iluminação Pública Municipal (Cosip), cobrada nas contas de energia elétrica da Coelba, seja utilizada temporariamente como benefício social na luta contra o Coronavírus Covid-19. “Que se faça uma análise técnica e legal por parte da Prefeitura e que essa taxa seja usada para garantir por mais três meses o auxílio às pessoas atendidas pelos programas sociais nessa situação de pandemia mundial. Como o governo estadual já garantiu três meses de isenção nas contas de luz para a camada social de baixa renda, minha proposta, se for acolhida pelo prefeito ACM Neto, resultaria em benefícios por seis meses seguidos”.

Afora essa sugestão, o edil lembra que o decreto municipal assinado em 9 de abril garante aos trabalhadores da limpeza urbana e outros o uso de máscaras de proteção. “Entendo, então, que as empresas devem fornecer gratuitamente os equipamento aos seus empregados”.

O pedetista salienta ainda que o município dispõe de uma legislação específica  sobre a coleta de resíduos sólidos e, “com base nisso, devemos pensar nos pacientes infectados pela doença e que estão em tratamento domiciliar. Como são descartados os resíduos produzidos por eles? Recebem alguma orientação dos agentes de saúde de como agir com segurança, para evitar a contaminação dos trabalhadores de limpeza urbana e não causar impacto ambiental?

Odiosvaldo Vigas diz que o município e o estado devem trabalhar juntos nessa ação, através dos sistemas de vigilância sanitária, e informar aos pacientes e às famílias de como devem agir no descarte do material contaminado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *