Profissionais da linha de frente do combate ao COVID-19 poderão ter acolhimento psicológico gratuito na Bahia

Com o objetivo de auxiliar os profissionais de saúde e outras categorias envolvidas diretamente na linha de frente do combate ao coronavírus na Bahia, o deputado estadual Samuel Júnior indicou ao presidente da União dos Prefeitos da Bahia (UPB), Eures Ribeiro, ofertar acolhimento e apoio psicológico para ajudar os trabalhadores a conter a ansiedade e o medo agravado com a pandemia.

A ideia é que o serviço seja gratuito e que os hospitais estaduais e municipais, disponham de psicólogos para atendimento dos profissionais. “A escuta terapêutica tem grande funcionalidade para a redução da ansiedade e diminuição da somatização de aspectos psicológicos que podem desencadear um quadro mais grave a depressão ou síndrome do pânico, por exemplo. Além disso, o nível de estresse alto faz com que a imunidade abaixe, potencializando as chances de contaminação e não podemos nesse momento perder profissionais e leitos”, esclareceu Samuel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *