Bahia terá 2.418 leitos de referência para atendimento exclusivo a pacientes com coronavírus

Em todo o estado, uma estrutura com 2.418 leitos de referência para a coronavírus (Covid-19), entre clínicos e UTIs, adultos e pediátricos, está sendo montada para o atendimento de baianos infectados pelo vírus. O município com maior número é Salvador, com 1.399 leitos. “Nós ampliamos muito a nossa rede de atendimento em toda a Bahia, porque precisamos estar preparados para atender as pessoas. O crescimento do número de infectados é muito rápido, acontece de forma exponencial. Quando menos se espera, há uma explosão de casos”, afirmou o governador Rui Costa.
Rui também comentou a chegada de novos equipamentos. “Estamos aguardando que os respiradores que compramos no exterior cheguem no Brasil para reforçar a estrutura que montamos. Nós mudamos a rota de entrega dessas compras para evitar a passagem pelos Estados Unidos e outros países que passam sequestrar esses equipamentos. Temos previsão de chegada já na próxima semana”.
Estrutura
O interior da Bahia dispõe de 1019 leitos de referência para a Covid-19. Lauro de Freitas é o segundo município com mais leitos, totalizando 301 vagas, sendo 91 UTIs. A maior contribuição será do Hospital Metropolitano, cuja abertura será no mês de maio, com 191 leitos. O município de Feira de Santana será o terceiro com o maior número de leitos para coronavírus, totalizando 140 vagas, que estarão distribuídas entre o Hospital da Criança, o Hospital Geral Clériston Andrade e o Hospital Mater Dei.
Vitória da Conquista e Ilhéus terão, respectivamente, 81 e 61 leitos voltados para os pacientes com diagnóstico positivo de Covid-19. Em Vitória da Conquista, o Hospital das Clínicas e o Hospital Geral são as unidades preparadas para receber os pacientes graves. Já em Ilhéus, o Hospital do Cacau e o Hospital de Ilhéus são as unidades de referência e retaguarda. Já em Seabra, o Hospital Regional da Chapada está dedicando 46 leitos, sendo dez UTIs e 36 leitos clínicos. A lista completa de cidades e unidades de referência está disponível no site da Sesab.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *