Operação vai distribuir mais de 25 mil cestas básicas em Salvador

A partir da segunda-feira (28), a Prefeitura vai iniciar mais uma importante ação de enfrentamento à pandemia provocada pelo coronavírus: a distribuição de mais de 25 mil cestas básicas, destinadas a pessoas que vivem abaixo da linha da pobreza, inscritas no Cadastro Único e que não tenham recebido anteriormente benefício semelhante do município. A iniciativa, que será realizada em parceria com as Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica) e Polícia Militar da Bahia (PM-BA), foi apresentada pelo prefeito ACM Neto nesta sexta-feira (24), durante a inauguração da Unidade de Acolhimento Emergencial (UAE) de Coutos, na Vila Fraternidade, administrada pelo Lar Pérolas de Cristo.

Estiveram presentes na ocasião o vice-prefeito Bruno Reis, os secretários Ana Paula Matos (Promoção Social e Combate à Pobreza) e Luiz Galvão (Prefeituras-Bairro), representantes de cada uma das Forças Armadas na Bahia e da Polícia Militar, além do corpo técnico municipal. No pronunciamento, o prefeito informou que a parceria com as entidades visa fazer uma distribuição organizada, ordenada e efetiva das cestas básicas, seguindo a recomendação das autoridades sanitárias para evitar aglomerações e possível transmissão da Covid-19 entre os cidadãos.

“As Forças Armadas organizaram dez regionais no Brasil que estão de prontidão para dar suporte nesse período de enfrentamento ao coronavírus. Mais uma vez, quero agradecer às entidades, incluindo a Polícia Militar, por esse trabalho tão importante nesse momento”, disse ACM Neto.

As famílias contempladas são comunicadas pela Prefeitura via Correios, telefone ou SMS, informando a data e local de retirada do material, ou podem acessar o site www. salvadorportodos. salvador. ba. gov. br / cestabasica. Quem tiver alguma dúvida, pode ligar para o Disque Salvador Coronavírus, no número 160.

De acordo com Luiz Galvão, é importante que o cidadão que não foi contemplado neste primeiro momento com este auxílio não tente se aventurar nos pontos de distribuição. “Estamos enfrentando uma pandemia. É muito importante evitar aglomerações, por isso eu peço para que o cidadão que acessar o site e perceber que não tem direito a receber a cesta básica fique em casa e não tente se aventurar nas ruas. Do mesmo modo, peço que aqueles que forem fazer a retirada respeitem rigorosamente as orientações que receberão através do site”, enfatizou o secretário.

Acolhimento – Sexta unidade de acolhimento emergencial entregue pela Prefeitura desde o início das ações de enfrentamento ao coronavírus, a UAE Coutos é destinada exclusivamente a famílias em situação de rua e tem capacidade para acolher 50 pessoas. Administrada pela Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre) em parceria com o Lar Pérolas de Cristo, o espaço possui uma equipe técnica formada por psicólogos, assistentes sociais, educadores e coordenador.

Além do acolhimento como forma de proteção integral ao grupo vulnerável, com quarto, alimentação e higiene, serão realizados atendimentos psicossociais e encaminhamentos para solucionar as demandas individuais. Com esta unidade, já chega a 646 o número de vagas para acolhimento a pessoas em situação de rua, distribuídos também em Pau da Lima, Bonocô, Calçada, Liberdade e Roma.

Foto: Max Haack/Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *