Coronavírus modifica regras para velórios em cemitérios municipais

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), através da Diretoria de Serviços Públicos (Dsep), adotou algumas medidas de proteção ao público em velórios nos cemitérios municipais e aos funcionários dos locais. As mudanças fazem das estratégias municipais para combate à disseminação no novo coronavírus (Covid-19) e segue as orientações dos órgãos de saúde.

Aos familiares, a recomendação informada no momento do agendamento é o da redução do tempo da cerimônia de sepultamento para até dez minutos e com, no máximo, dez pessoas. Além disso, sugere que seja mantida a distância mínima de dois metros entre os presentes.

As cerimônias estão ocorrendo obrigatoriedade com o caixão fechado durante todo o tempo. Em casos de óbitos confirmados por coronavírus, não há velório. A urna sai do carro da funerária direto para a sepultura e os coveiros recebem orientações de como manusear o caixão durante o sepultamento.

Para o secretário da Semop e presidente da Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb), Marcus Passos, a cidade está caminhando corretamente para o enfrentamento do coronavírus. “Estamos com um cenário de luta contra o vírus e ampliando nosso sistema funerário municipal. Com relação a equipamentos de segurança, todos nossos colaboradores da área estão protegidos contra a Covid-19”, avaliou.

A Limpurb tem realizado, uma vez por semana, a higienização completa com hipoclorito de sódio das estruturas físicas de todos os cemitérios municipais. Houve, ainda, a distribuição de 39 equipamentos de proteção individual (EPIs) para servidores da área administrativa e coveiros. Para diminuir as aglomerações, os funcionários trabalham em regime de escala e com um número mínimo suficiente de funcionários para a realização dos funerais.

Vagas disponíveis – Prevendo um possível aumento no número de óbitos em função do coronavírus, a secretaria irá entregar, até o fim de maio, 480 novas gavetas no cemitério de Plataforma e mais 120 gavetas na unidade de Paripe. Com estes novos espaços, serão 1.060 novas vagas no primeiro semestre deste ano, já que em fevereiro foram entregues 460 gavetas no cemitério de Brotas.

Durante a quarentena, os cemitérios permanecem abertos ao público somente durante os horários dos agendamentos e sepultamentos – das 8h às 16h, ou o até o último funeral. Os velórios estão sendo realizados, preferencialmente, no turno matutino. A quantidade de vagas disponíveis nos cemitérios varia diariamente, já que depende da quantidade de exumações que acontecem a cada três anos e meio.

A média diária é de treze sepultamentos nos dez cemitérios municipais de Salvador. As unidades ficam em Brotas, Itapuã, Pirajá, Plataforma, Periperi, Paripe e quatro deles localizados nas ilhas de Bom Jesus, Maré, Paramana e Ponta de Nossa Senhora. Os agendamentos podem ser feitos através dos telefones (71) 3322-1037, 3266-2194 ou 3202-5472.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *