Estado deve conceder licença especial remunerada para servidor que tiver cônjuge atuando contra o Covid-19

O deputado Hilton Coelho (PSOL) apresentou à Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) indicação endereçada ao governador Rui Costa (PT) para que se disponha aos servidores públicos estaduais o direito à licença extraordinária remunerada quando seu cônjuge ou companheiro/a, servidor público da área de saúde, civil ou militar, da União, do Estado, ou de municípios baianos, esteja atuando no combate à Covid-19, e, pelo menos um deles, possuir a guarda de filho menor de doze anos, residente com o casal e que esteja impedido de comparecer à creche ou escola, pública ou particular, em razão da decretação de isolamento social por parte da administração pública.

Para Hilton Coelho “o necessário isolamento social que conta com nosso total apoio, obrigou pais ou responsáveis a dedicarem maior atenção a seus filhos, o que não pode ser feito pelos profissionais de saúde, pois encontram-se envolvidos na contenção do surto da doença. Tendo em vista a necessidade de se garantir maior segurança e tranquilidade aos servidores que estejam atuando na contenção da pandemia decorrente do Covid-19 e das necessidades de cuidados as crianças que se encontram em casa em razão do fechamento de creches e escolas, que apresentamos a presente proposta. Aguardamos que seja colocada em prática pelo governo estadual”, conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *