Vacina contra coronavírus é possível em cerca de um ano, diz agência da UE

AMSTERDÃ/BRUXELAS (Reuters) – Uma vacina contra o novo coronavírus poderia ser aprovada em cerca de um ano sendo “otimista”, disse uma agência que aprova remédios para a União Europeia nesta quinta-feira.

Enquanto o mundo corre para desenvolver uma vacina, a UE, atingida duramente pela Covid-19, teme não possuir suprimentos suficientes, especialmente se uma vacina for desenvolvida nos Estados Unidos ou na China.

A Agência Europeia de Remédios (EMA), que se comunica com 33 desenvolvedores, está fazendo tudo o que pode para acelerar o processo de aprovação, disse o chefe de vacinas da EMA, Marco Cavaleri, mas ele duvida das afirmações de que uma pode estar pronta em setembro.

“Para vacinas, como o desenvolvimento teve que começar do zero… podemos pensar, sendo otimistas, em um ano a partir de agora, então no início de 2021”, disse ele aos jornalistas.

Ele descartou a possibilidade de saltar a terceira fase de um teste de vacina, que disse ser necessário para ter certeza de que ela é segura e eficiente.

A EMA também está estudando 115 terapias, ou tratamentos, diferentes para o coronavírus, que já matou quase 300 mil pessoas em todo o mundo, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

As informações são da Agência Reuters.

Foto:  Reuters –  Cientista trabalha em laboratório que pesquisa potencial vacina para Covid-19 em Keele, no Reino Unido

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *