Especialista dá dicas para evitar compras por impulso durante isolamento social

A pandemia do coronavírus e o isolamento social, adotado como medida preventiva, reinventaram o comportamento dos brasileiros em relação ao trabalho, ao consumo de produtos e serviços e também em relação à convivência dentro de casa com seus familiares. As vendas em plataformas digitais podem, pela praticidade e segurança, ser uma prática tentadora às famílias que estão em casa. Por isso, nunca é demais reforçar os cuidados necessários antes de fechar o carrinho e de incluir os dados pessoais e de pagamentos em sites de lojas. Afinal, para muitos, basta um celular na mão para que o desejo de consumir venha à tona.

Pesquisa Panorama do Comércio Móvel no Brasil, produzida pelo site Mobile Time em parceria com a Opinion Box, mostra que 85% dos brasileiros que possuem smartphones fazem compras utilizando o dispositivo. Contudo, é com esta facilidade de consumo e diante de um cenário de isolamento social que pode surgir o alerta: como evitar a compra impulsiva neste período, considerando também que 61% dos consumidores online afirmaram ter aumentado o volume de compras durante a quarentena, de acordo com a estudo realizado pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC). Destes, 79% compraram comida ou bebida por delivery e afirmam ter aumentado em 50% o número de pedidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *